Petrópolis – Guia Completo

Um clima agradável, paisagens encantadoras misturado com majestosas construções arquitetônicas do período imperial… Essa é Petrópolis!

Esta belíssima cidade está localizada no coração do Estado do Rio de Janeiro, a 68km da capital.

Também conhecida como Cidade Imperial, podemos dizer que Petrópolis é uma cidade contagiosa, causando um aperto de ter que ir embora de um lugar tão encantador.

Petrópolis hoje abriga um dos maiores patrimônios históricos do Brasil!

Museu Imperial - Petrópolis foto
Museu Imperial em Petrópolis a noite. Foto: Oscar liberal (CC BY-SA 4.0), from Wikimedia Commons

Pensar que nossos reis passaram por ali, se encantaram com a Mata Atlântica e com o clima, fizeram de lá sua casa favorita de verão e começaram a moldar a Petrópolis que conhecemos hoje.

Ao passear pelo Centro Histórico sentimos estar em outra época, apreciamos o conjunto arquitetônico preservado em estilo do século XIX, com suas avenidas arborizadas e floridas, entrecortadas pelos rios.

Além disso, a cidade atrai por sua natureza deslumbrante através do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, um lugar maravilhoso de se visitar, repleto de trilhas, lindas cachoeiras e muitos mirantes.

Geografia de Petrópolis foto
Geografia de Petrópolis

Possui clima ameno e aconchegante, proporcionado pelo alto relevo formado por montanhas de grande altitude.

A cidade é super receptiva e conta com uma excelente estrutura voltada ao turismo, com um comércio variado e ótimos hotéis, pousadas e restaurantes, o que deixa o passeio muito mais tranquilo, sem contar o tratamento excelente ao turista em todos os lugares.

Vamos te contar um pouco mais sobre a história de Petrópolis, fato de deve ser conhecido para que você aproveite melhor sua visita por lá, depois vamos te dar dicas de o que ver e fazer em Petrópolis, além de dicas de como chegar, hospedagem, e muito mais.

Veja aqui o mapa turístico de Petrópolis, Rio de Janeiro.

O que você vai encontrar aqui:

 

Conheça um pouco a história de Petrópolis

Petrópolis em 1889 foto
Petrópolis em 1889

Foi fundada em 1843 por Don Pedro II e é a segunda cidade planejada do país, imponentemente erguida na parte mais alta da Serra da Estrela.

Mas quem se encantou primeiro com as belezas do lugar foi Don Pedro I, que conheceu Petrópolis a caminho de Vila Rica (Outro Preto) em Minas Gerais em busca de apoiadores para a Independência do Brasil.

Encantou-se com a Mata Atlântica e o clima ameno da região serrana, hospedou-se por lá e comprou uma fazendo pensando em transformá-la um dia no Palácio da Concórdia.

Uma crise política sucessória em Portugal fez com que Don Pedro I retornasse para Portugal, deixando então a Fazenda do Córrego Seco para seu filho, Don Pedro II, que construiu lá sua favorita casa de verão, um lindo prédio que hoje abriga o Museu Imperial.

Para dar início à construção, Pedro II assinou um decreto em 16 de março de 1843, criando Petrópolis.

Uma grande leva de imigrantes europeus, principalmente alemães, sob o comando do engenheiro e superintendente da Fazenda Imperial, major Julius Friedrich Koeler, foi incumbida de levantar a cidade, construir o palácio e colonizar a região.

Ou seja, a vinda do rei trouxe a Petrópolis modernização, e hoje ainda vemos lindas construções históricas e praças se que tornaram atrativos turísticos.

Caminhar pelas ruas de Petrópolis é poder ter um gostinho de como ela a vida naquela época.

Enfim, a obra foi concluída em 1862, porém com a Proclamação da República em 1889, a família imperial se exilou na Europa, depois disso o Palácio foi alugado, depois virou colégio, até por fim ser transformado em museu histórico tornar o Museu Imperial através de um decreto do presidente Getúlio Vargas.

Como resultado, o Museu Imperial foi inaugurado em 16 de março de 1943, com um significativo acervo de peças relativas ao período imperial brasileiro.

Agora que já te contamos um pouco da história, vamos te mostrais os principais pontos turísticos de Petrópolis e diversas dicas de o que fazer quando estiver por lá!

 

Quando ir / Melhor época

Não existe melhor época para visitar Petrópolis.

A cidade possui clima ameno o ano inteiro, com temperatura média de 19ºC, e ainda possui um calendário de eventos bem espaçado.

Durante o inverno o frio e a neblina deixam a Petrópolis ainda mais charmosa.

Confira os principais eventos de Petrópolis:

  • Em junho acontece a Bauernfest – Festa do Colono Alemão, com desfiles, apresentações e muita comida e cerveja. (falamos mais sobre o evento aqui)
  • Em julho, acontece o Festival de Inverno de Petrópolis, com uma vasta programação de música, dança, teatro e cinema. Saiba mais
  • Em outubro tem o Encontro Nacional de Motociclistas.
  • Ainda em outubro, há o Petrópolis Jazz e Blues Festival, com nomes brasileiros e internacionais. Saiba mais
  • Em novembro, o famoso Petrópolis Gourmet, evento gastronômico. Saiba mais
  • No segundo sábado de cada mês acontece o Deguste, evento de cerveja artesanal (falamos mais sobre o evento aqui)

Para quem quer fazer trilhas no PARNASO, a temporada vai de maio a setembro, épocas de menos chuva.

 

O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis foto
Palacio de Cristal, Petrópolis. Foto: Wania Corredo

O que não fala em Petrópolis é opções de lugares para visitar!

São diversos pontos turísticos que remetem ao passado histórico da cidade, à natureza da Mata Atlântica, e também das famosas cervejarias da cidade.

Veja abaixo atrativos de Petrópolis que você não pode deixar de conhecer:

 

1. Cervejaria Bohemia

Cervejaria Bohemia - Petrópolis foto
Fachada da Cervejaria Bohemia

Sua fundação data de 1853, na recém nascida cidade de Petrópolis, por Henrique Leiden sob o nome de Imperial Fábrica de Cerveja Nacional Henrique Leiden e Cia.

Uma curiosidade interessante é que a fabrica de Leiden fundou não contava com nenhum escravo, apenas oito homens e duas mulheres.

Apenas depois de mais de 10 anos de existência, já sob a direção dos netos, assumiu o  nome de Cervejaria Bohemia que se mantém até hoje.

Após uma bela repaginada em 2012, a Bohemia abre suas portas ao público com uma super estrutura, tendo como carro chefe um museu que vai te transformar em um expert em história da cerveja.

O passeio pela cervejaria é muito agradável e envolvente, começa com um cineminha contando a história desse néctar divino.

Cervejaria Bohemia - Petrópolis foto
Processo de produção da cerveja

Já ambientado você vai conhecer maquinários de fabricação  de cerveja, novos e antigos, todos os rótulos que a cerveja já teve, vai até poder degustar cada tipo de cereal que a cervejaria usa em seus mais variados tipos de cerveja.

Um dos pontos mais divertidos é que você pode fazer sua própria cerveja em uma mesa virtual 100% touch screen e ainda criar seu brasão de cervejeiro pra mandar no seu e-mail.

Não preciso nem falar que o lugar é maravilho e a vista fica ainda mais divertida ao ser apreciada por janelas enormes, e claro, todos os colaboradores e guias são de uma simpatia que você não acredita.

Aqui você vai poder colocar seu paladar em êxtase com opções que vão desde um levíssimo chopp claro à um bock malte fantástico, passando pela indescritível Bohemia Oaken, a primeira fabricada no Brasil, bom, aí vai depender do clima, mas no frio ou calor a satisfação é garantida.

Cervejaria Bohemia - Petrópolis foto
Cerveja especial servida no Restaurante e Bar da Cervejaria Bohemia

Vale avisar que esse chopinho claro você só vai encontrar em Petrópolis viu?

Isso mesmo, é uma exclusividade da Cidade Imperial, você encontra na cervejaria, no bar da Bohemia logo ao lado (muito bom) e também em seu restaurante.

Aliás, a Cervejaria Bohemia também está preparada para receber as crianças!

Além do tour ser interativo, a cervejaria também conta com refrigerantes de fabricação própria que são uma delícia, satisfação garantida entre a molecada.

Cervejaria Bohemia - Petrópolis foto
Restaurante e Bar da Cervejaria Bohemia

Para aproveitar melhor o passeio, seria interessante deixá-lo por último no roteiro.

O Bar da Bohemia também é uma opção de visita para dar uma relaxada depois de um dia inteiro indo de um lado para o outro, conhecendo os os encantos da Cidade Imperial.

O cardápio do bar foi desenvolvido considerando pratos para se harmonizarem perfeitamente com os mais de dez tipos de cerveja que possuem, tudo para melhorar ainda mais a experiência.

Mas fica aqui um aviso importante: O Bar fecha às 23h e domingo às 21h. Para quem gosta de atravessar a noite, aqui não vai dar.

A entrada custa R$39 por pessoa, idosos e estudantes pagam meia e menores de 18 não pagam.

 

Planeje sua visita:

Horário de funcionamento:
Terças a Quintas 12h às 17h
Sextas, Domingos e Feriados 10h às 17h
Sábados 10h às 18h
Confirme os horários no site

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro

Ingresso: Pode ser adquirido pelo site ou na Recepção do Tour, não há necessidade de agendamento prévio.

 

2. Circuito Cervejeiro

Circuito Cervejeiro de Petrópolis foto
Circuito Cervejeiro de Petrópolis

A cervejaria Bohemia está entre as mais famosas de Petrópolis, mas não é a única aberta para visitação!

Petrópolis é considerada o berço da cerveja do Brasil.

Isso acontece devido a abundância da água límpida e pura da montanha e a influência da imigração alemã, que deram origem à cultura cervejeira de Petrópolis.

Então se você também ama cerveja e gostaria de conhecer de perto as cervejarias de Petrópolis recomendamos que você faça o Circuito Cervejeiro de Petrópolis!

O circuito conta com cervejarias abertas à visitação turística, que assim como a cervejaria Bohemia, proporcionam o conhecimento sobre o processo de fabricação, os diversos estilos de cerveja e a degustação.

As cervejarias que entram para o circuito são:

  • a Cervejaria Bohemia, no Centro Histórico;
  • a Cazzera, no Valparaíso;
  • a Cervejaria Cidade Imperial, no Bingen;
  • a Cervejaria do Grupo Petrópolis (fabricante da cerveja Itaipava), em Pedro do Rio;
  • a Cervejaria Real, em Itaipava;
  • a Cervejaria Buda Beer, no Valparaiso;
  • e a Brewpoint, no Quitandinha.

— Deguste – Feira de Cervejas Artesanais —

Deguste – Feira de Cervejas Artesanais, Petrópolis foto
Deguste – Feira de Cervejas Artesanais, Petrópolis

Você também pode aproveitar para ir para Petrópolis quando estiver acontecendo a Deguste, Feira de Cervejas Artesanais.

Ela é realizada no Centro Histórico todo segundo final de semana do mês, sexta e sábado e em Itaipava, no primeiro sábado do mês.

A Deguste reúne todos os produtores de cerveja de Petrópolis, mesmo aqueles que não estão abertos à visitação turística, proporcionando uma variedade de sabores para todas as preferências.

A feira conta ainda com alimentação em foodtrucks, atrações musicais e entretenimento para crianças. Um programa de turismo familiar. Saiba mais

 

Planeje sua viagem:

CERVEJARIA BOHEMIA

Tour interativo no Centro de Experiência Cervejeira
Quinta-feira, 13h às 17h; sexta, 10h às 17h; sábado e feriado, 10h às 18h30; domingo, 10h às 17h30
Ingresso: R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia | estudantes e maiores de 60 anos).
Telefone: (24) 2020-9050
E-mail: [email protected]
Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro
Oferece restaurante, bar, empório e cave
Agendamento de visita em grupo e informações: www.cervejariabohemia.com.br

CAZZERA

Degustação e harmonização gastronômica no restaurante Armazém 646
Diariamente, 11h até o último cliente
Telefone: (24) 2243-1001/ (24) 9 9268-5049 / (24) 9 8824-1507
E-mail: [email protected]
Rua Visc. de Itaboraí 646 – Valparaíso

CERVEJARIA CIDADE IMPERIAL

Novas instalações em obras. Previsão de abertura à visitação turística em 2017
Telefone: (24) 2220-4800
E-mail: [email protected]
Rua Paulo Hervê, 916 – Bingen
www.cidadeimperial.com.br

GRUPO PETRÓPOLIS (CERVEJARIA ITAIPAVA)

Beer Tour Itaipava – visita orientada gratuita às linhas de produção
Terça a quinta, 15h; sexta, 11h e 15h; sábado, 9h30, 13h e 15h
Telefone: (24) 2103-8000 / (24) 2223-9000 ramal 3028016
Rua Trajano de Paula Filho, 199 – Pedro do Rio
Acesso pela Rodovia BR 040, no sentido Juiz de Fora/Rio de janeiro, utilizar saída no km 52
Acesso pela Rodovia BR 040, no sentido Rio de janeiro/Juiz de Fora, utilizar saída no km 51
www.grupopetropolis.com.br

CERVEJARIA REAL

Previsão de abertura à visitação turística em breve
Telefone: (24) 2222-4254 / (21) 9 9779-5908
Estrada dos Mundeos, 136 – Itaipava

CERVEJARIA BUDA BEER (OTTEN BRAU)

Brew pub e produtora de cervejas artesanais. Oferece Beer Tour (visita orientada à área de brassagem – produção das cervejas artesanais) mediante agendamento
Quarta a sexta, 18h à 0h; sábado, 12h à 0h; domingo 12h às 19h
Telefone: (24) 2231-3219
E-mail: [email protected]
Rua Rocha Cardoso, 166 – Valparaíso
www.budabeer.com.br

CERVEJARIA BREWPOINT

Previsão de abertura à visitação turística em breve
Produção de marcas Serra Velha, Duzé, Imperatriz, da Corte, Rustika e Saideira
Rua Afrânio de Melo Franco, 1310 – Quitandinha

 

3. Palácio de Cristal

Palácio de Cristal em Petrópolis foto
Palácio de Cristal em Petrópolis. Por The Photographer – CC BY-SA 4.0, Hiperligação

Cercado por um maravilhoso jardim, gramado impecável, fontes e pequenas trilhas de pedrinhas emerge o imponente Palácio de Cristal.

Tendo sua estrutura produzida por uma fundição francesa a pedido do Conde d’Eu, foi montado em Petrópolis pelo engenheiro Eduardo Bonjean, e tinha a finalidade de sediar eventos e exposições agrícolas e de flores.

Então, em 2 de fevereiro de 1884 inaugurava-se o Palácio de Cristal da corte Imperial.

O nome não poderia ser outro, pois a esta altura já tinha sua estrutura coberta pelo requintado vidro cristal importado da Bélgica além da forte inspiração causada pelo Crystal Palace de Londres.

Palácio de Cristal em Petrópolis foto
Palacio de Cristal, Petropolis. Foto: Wania Corredo

Ainda jovem, apenas quatro anos após a sua inauguração, o Palácio de Cristal sediaria um evento histórico, a Festa da Liberdade, onde foram libertos os últimos escravos de Petrópolis.

A verdade é que a história do Palácio de Cristal, assim como a do Museu Imperial, é rica e cheia de acontecimentos, e lá você terá a oportunidade de conhecê-la através de panfletos e até mesmo através de guias que ficam à disposição nas temporadas.

Quanto à infraestrutura, possui banheiros e fraldário.

O Palácio de Cristal está localizado bem pertinho da Cervejaria Bohemia, portanto você pode aproveitar a distância para conhecer os dois atrativos no mesmo dia.

Até pouco tempo você, próximo ao palácio, você ainda podia aproveitar para contratar um passeio de charrete.

No fim de 2018 foi realizado um plebiscito que decidiu pelo fim da tração animal nas charretes em Petrópolis.

O plebiscito foi realizado devido à uma polêmica sobre as condições e tratamentos dos animais.

Como a Prefeitura ainda não definiu uma data para o fim das charretes no turismo de Petrópolis, quem depende do trabalho para o sustento vive uma incerteza (informações de começo de Janeiro de 2019).

Vamos aguardar por mais informações. Você também por acompanhar por aqui.

Continuando… A visita ao Palácio de Cristal rende lindas fotos e selfies. Em seu interior você encontra alguns vendedores de artesanato local e flores, mas a atração principal é a história do lugar.

Sincronize bem sua programação e tente fazer os três passeios no mesmo dia – o palácio, a cervejaria e o passeio de charrete.

Lembre-se que no Palácio de Cristal a visitação pode ser feita de terça a domingo das 9h às 18h.

Palácio de Cristal em Petrópolis foto
Palácio de Cristal. Fotos: Marcelo Gall (CC BY-SA 4.0), from Wikimedia Commons

Calma que tem mais!

O Palácio acabou se tornando palco de muitos eventos, que além de chiques são realmente muito bons!

O maior exemplo e mais famoso de todos é o Bauernfest, a festa do colono alemão, que conta com barraquinhas de comidas típicas, cervejas, feiras e mostras de artesanato e produtos orgânicos.

É um lugar realmente lindo, vale a pena conhecer!

Palácio de Cristal Petrópolis - Bauernfest foto
Bauernfest. Foto: Filipo Tardim (CC BY-SA 4.0), from Wikimedia Commons

Planeje sua visita:

Palácio de Cristal em Petrópolis
Endereço: Rua Alfredo Pachá, s/ nº – Centro
Tel:
 (24) 2247-3721
Visitação: 
terça a domingo, 9h às 18h
Entrada franca

Bauernfest
Data: 
Entre junho e julho
Endereço: Palácio de Cristal
Entrada franca e programação gratuita
Saiba mais

 

4. Museu Imperial

Museu Imperial - Petrópolis foto
Museu Imperial – Petrópolis

Sem sombra de dúvidas a visita ao número 200 da rua da Imperatriz está entre os mais procurados da Cidade Imperial!

Como dissemos anteriormente, o Museu Imperial era o refúgio da família imperial no verão.

Museu Imperial - Petrópolis foto
Museu Imperial por dentro

Caminhar pelos salões do palácio é como estar dentro de um livro de história. São mais de duzentas e cinquenta mil peças que compõem o acervo patrimonial mais importante da história do Brasil.

Tudo está intacto, como se Dom Pedro II e sua família ainda estivessem no lugar.

Aliás, um dos tronos usados por D. Pedro II está na Sala de Estado!

Museu Imperial - Petrópolis foto
Trono de Don Pedro II

Esta deslumbrante e importantíssima edificação recebe os visitantes com um espetacular jardim que circunda todo o palácio, e não é qualquer jardim, este foi desenvolvido sob a tutela do Imperador em pessoa.

São mais de cem espécies de árvores e flores de diversas regiões do mundo.

Agora sobre a visita interna do museu, recomendamos que você faça um tour com guia quando for ao Museu Imperial.

Ele vai te apresentar os mais interessantes fatos históricos e curiosidades sobre o lugar, sobre a família real, e também sobre os costumes da época.

Museu Imperial - Petrópolis foto
Frente do Museu Imperial, Petropolis. Foto: Wania Corredo

Mas caso opte por ir sem guia, não se preocupe, todos os canteiros possuem placas com as informações mais relevantes.

Visitar museus por si só já é uma atividade nostálgica, mas neste lugar a sensação de viagem no tempo é constante.

Todos os ambientes são decorados exatamente como eram na época do Segundo Reinado, aliás, o capricho, a limpeza e conservação de todo o lugar roubam a cena.

A preocupação com a preservação do museu é enorme.

Aliás, um fato curioso e até famoso é que durante o passeio você irá utilizar pantufas com a finalidade de preservar o piso. Definitivamente as pantufas são parte integrante da memória da visita ao Museu!

Museu Imperial - Petrópolis foto
Pantufas do Museu Imperial

Difícil encontrar palavras para as sensações experimentadas ao visitar o Museu Imperial em Petrópolis.

Frequentar os ambientes da época, estar frente a frente com a coroa do Imperador e ver de perto a pena de ouro utilizada pela Princesa Isabel para assinar a Lei Áurea são experiências únicas.

Outras atrações muito populares do museu são os saraus e festival de som e luzes.

O “Um Sarau Imperial” é uma atração sem igual, simpáticas atrizes vestidas a caráter proporcionam uma apresentação teatral com muita música da época e diálogos que vão te transportar de volta uns duzentos anos no tempo.

Já o espetáculo Som e Luz do Museu Imperial vai dar um choque no seu conceito de teatro com um show de infinitas luzes e projeções de imagens que contam muito bem a história do nosso Brasil de um jeito nunca antes visto.

Um espetáculo ímpar!

Museu Imperial - Petrópolis foto
Espetáculo Som e Luz no Museu Imperial

As atrações teatrais são realizadas à noite, geralmente aos finais de semana, totalmente fora do horário da visitação, portanto é bom planejar bem esta visita. Aliás, para esse maravilhoso passeio é bom já chegar com algumas informações:

  • para visitação você terá que usar as famosas pantufas;
  • no museu não são permitidos fotos nem filmagens, então nada de celulares, melhor evitar transtornos;
  • também não é permitido adentrar no museu portando bolsas e sacolas, mas não se preocupe se o carro ou o ônibus estiver longe, logo na recepção são oferecidos armários para a guarda dos pertences.

O complexo do museu conta ainda com biblioteca infantil, uma loja com produtos de excelente qualidade, além de uma cafeteria que tem desde um simples lanche ou café até mesmo massas mais elaboradas; a refeição você pode deixar pra fazer aqui sem chances de arrependimento.

 

Planeje sua viagem:

Excursões de escola: Ligar para (24)2233-0345, o museu não agenda por e-mail e nem disponibiliza links para isso.

Horários, preços, pacotes para visitação e espetáculos:
Acessar o link do site do museu. É importante acessar o site antes da visita para garantir que o museu não esteja fechado para obras, reformas, mudanças de ambiente e realocação de peças.

Neste site você ainda fica sabendo quando serão os saraus e outros eventos que o museu oferece.

 

5. Praça da Liberdade

Praça da Liberdade, Petrópolis foto
Praça da Liberdade, Petrópolis. Foto: Wania Corredo

A Praça da Liberdade vai te dar fácil a acesso a três pontos turísticos super interessantes em Petrópolis: O Museu de Cera de Petrópolis, A Casa Museu de Santos Dumont e o Relógio das flores.

Além disso, na praça da Liberdade também é possível encontrar o CIT,  Centro de Informações Turísticas, que funciona diariamente e pode quebrar um baita galho na hora de qualquer imprevisto.

 

— Museu de Cera de Petrópolis —

Museu de Cera, Petrópolis foto
Museu de Cera, Petrópolis

Bom, já que estamos no clima imperial, porque não tirar uma foto com o Imperador em pessoa? Ou melhor, em cera.

O Museu de Cera de Petrópolis é o primeiro museu de cera do país a trabalhar com peças utilizando a técnica do hiper-realismo que utiliza até mesmo cabelo humano o que proporciona um visual fantástico.

Apesar do acervo ser relativamente pequeno, as estátuas são realmente muito legais. É um passeio bacana, principalmente pra quem nunca visitou um museu de cera.

 

Planeje sua viagem:

Os preços variam de R$20 a R$48.
Horários: De terça a domingo das 10h as 17h.
Sábados das 10h as 18h.
Confirmar no site os horários em épocas de festas e feriados pelo site.
Preços especiais para grupos: entrar em contato através do site.
Endereço: Rua Barão do Amazonas, 35 – Centro
Tel: (24) 2249-1595

 

— Museu Casa de Santos Dumont —

Museu Casa de Santos Dumont em Petrópolis foto
Museu Casa de Santos Dumont, Petropolis. Foto: Wania Corredo

Saindo um pouquinha à direita da Praça da Liberdade temos a oportunidade de adentrar na intimidade do nosso ilustre Santos Dumont.

Projetada e construída pelo próprio Santos Dumont, a casa conhecida como “A Encantada” foi sua última residência fixa no Brasil.

A Casa Museu de Santos Dumont conta com diversos pertences dele: livos, fotos e invenções super curiosas como a mesa de jantar em altura, o chuveiro de água quente e a famosa escada “pé direito” cujos degraus foram desenhados e dispostos de forma que só é possível começar a subida com o pé direito.

Com entradas por volta de apenas R$8, é um passeio que não pode faltar!

 

Planeje sua viagem:

Endereço: Rua do Encanto, 22 – Centro
Tel: (24) 2247-5222
Bilheteria até às 17h
Visitação: terça a domingo, 9h às 17h30
Ingresso: R$ 8 (inteira) / R$ 4 (meia)
Crianças até 6 anos e maiores de 65 anos: acesso livre

 

— Relógio das Flores —

Relógio de flores, Petrópolis foto
Relógio de flores, Petrópolis. Foto: Wania Corredo

Bem no centro da cidade, na rua Barão do Amazonas, que tem acesso pela praça, de frente a Universidade Católica encontra-se o Relógio das Flores.

Construído em 1972 em homenagem aos 150 anos da independência do Brasil, este monumento pode ser apreciado de perto a qualquer hora e de graça.

Não existe uma estrutura turística aqui, é só para observação mesmo.

 

Planeje sua viagem:

Endereço: Rua Barão de Amazonas – Centro

 

6. Palácio Quitandinha

Palácio Quitandinha, Petrópolis, RJ foto
Palácio Quitandinha, Petrópolis, RJ. Foto: Wania Corredo

Hora de deixar os olhos se deleitarem!

Sem dúvida a mais luxuosa parada da sua viagem, um espetáculo da arquitetura e da decoração.

Construído externamente em estilo franco germânico e internamente, rococó.

São mais de quatrocentos apartamentos divididos em seis andares e treze grandes salas com praticamente dez metros de pé direito, e acredite, o visual é assombroso.

Tudo isso em uma área de cinquenta mil metros quadrados que ainda traz alguns dados que chamam a atenção, como por exemplo, a cúpula do Salão Mauá que é a segunda maior do mundo com medidas de 30m de altura por 50m de diâmetro e uma piscina que chega a 5m de profundidade.

Palácio Quitandinha, Petrópolis, RJ foto
Palácio Quitandinha, Petrópolis, RJ. Foto: Wania Corredo

O Palácio Quitandinha foi erguido com o intuito de ser o maior hotel cassino da América Latina, contudo teve seus planos frustrados dois anos depois com a proibição dos “jogos de azar” no Brasil, pelo presidente Gaspar Dutra.

Isso fez com que a administração transformasse o palácio em um hotel comum, bom, se é que se pode adjetivar qualquer parte desse lugar de comum, que chegou a hospedar famosos do Brasil e do mundo como Walt Disney, por exemplo.

Mas o fato é que isso levaria o palácio a um período de quase abandono.

Hoje a história é completamente diferente, o palácio é propriedade particular, foi completamente restaurado e tem o setor turístico administrado pelo SESC, o que deixou o atendimento ao turista excepcional, você contará com uma infraestrutura fantástica.

A visita tem o custo variado entre R$8 e R$16 pois vai depender da sua opção: Visita simples, visita guiada ou a novíssima opção do “audio guide”, um aparelho que você pode ouvir gravações com informações a respeito do ambiante que está visitando naquele momento.

Não indicamos a visita simples se você nunca conheceu o palácio e não conhece a história, é mais proveitoso com guia ou áudio.

Pode-se dizer que assim como o Museu Imperial, é um passeio indispensável quando se está em Petrópolis.

 

Planeje sua viagem:

Endereço: Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha, Petrópolis

Horários da Funcionamento:
Terças, 9h às 18h.
Quarta a domingo e feriados, 9h às 21h30.

Visita Livre:
Terça a domingo e feriados, 9h30 às 17h.

Visitações simples:
• Portadores do Cartão Sesc: R$ 2,00.
• Moradores de Petrópolis e estudantes de escolas públicas, mediante comprovação documental: R$ 2,00 por pessoa.
• Meia entrada: R$ 5,00.
• Inteira: R$ 10,00.

Visitações Guiadas e Audioguiadas:
Terça a domingo e feriados, 9h30 às 16h30.
• Portadores do Cartão Sesc: R$ 2,00.
• Meia entrada: R$ 10,00.
• Inteira: R$ 20,00.
• ONGs, Universidades e Escolas: visitas mediante agendamento prévio através de ofício: R$ 2,00 por pessoa.
Classificação Livre.

Visitação ao Lago:
Terça a domingo e feriados, 9h às 18h (9h às 19h, durante o horário de verão).
Grátis. Livre.
Obs.: Em condições climáticas desfavoráveis o Lago será fechado.

Boliche:
Quarta a domingo e feriados, 15h30 às 21h30 (último horário para venda – 20h30).
Valores para o período de 1 hora:

Quartas, quintas e sextas (com exceção de feriados):
• Portadores do Cartão Sesc: R$ 30,00.
• Inteira: R$ 60,00.

Sábados, domingos e feriados:
• Portadores do Cartão Sesc: R$ 40,00.
• Inteira: R$ 80,00.

Classificação 6 anos.

 

7. Compras na Rua Teresa

Compras na Rua Teresa, Petrópolis foto
Rua Teresa, Petrópolis

Se seus planos vão além de uma visita, Petrópolis te oferece belas oportunidades no setor da moda, e para isso o lugar certo é a Rua Teresa.

São diversas lojas de roupas e calçados com preços que realmente compensam, e como compensam!

Você pode renovar seu guarda roupas por um custo realmente baixo.

Dica: Leve dinheiro para conseguir mais desconto!

Se sua intenção é revender você poderá ir também à Feira do Bingen e à Feirinha de Itaipava, esta última na BR 040 km 63.

Horário de Funcionamento:
Segunda, das 14h às 18h.
Terça a sábado, das 9h às 18h.
Domingos, das 10h às 16h (não são todas as lojas que abrem).

 

8. Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO) foto
Amanhecer no Parque Nacional Serra dos Órgãos visto do Açú. Foto: Nilton Sergio Ramos Quoirin (CC BY 3.0), from Wikimedia Commons

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO) é uma ótima pedida para quem quer entrar em contato com a natureza e que tenha o perfil mais aventureiro.

O parque se trata de uma unidade de conservação, aberta para visitação, e que abrange os municípios de Guapimirim, Magé, Petrópolis e Teresópolis.

É um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel e outros; além de ter fantásticas cachoeiras.

Além disso, o Parque tem a maior rede de trilhas do Brasil!

Mapa de trilhas em Petrópolis foto
Mapa de trilhas em Petrópolis (mapa ampliado)

São mais de 200 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.

Entre as escaladas destacam-se o Dedo de Deus, considerado o marco inicial da escalada no país, e a Agulha do Diabo, escolhida uma das 15 melhores escaladas em rocha do mundo.

Veja o exemplo de três trilhas que você pode fazer em Petrópolis:

  • O Circuito das Bromélias, que leva a cinco poços com piscinas naturais (15 min de caminhada);
  • A caminhada que leva à Cachoeira Véu da Noiva (40 m), onde se praticam rapel e cascading (1h30, só ida);
  • O trekking até a Pedra do Açu (2 216 m), de onde se observam a Baía de Guanabara e o Dedo de Deus (cinco horas, só ida) – a última é a primeira etapa da clássica travessia que liga Petrópolis a Teresópolis.

O valor dos ingressos variam de R$18 a R$57 reais dependendo da atividade que você for fazer dentro do parque.

Veja abaixo uma galaria de fotos do parque para você ter um gostinho do que encontrará por lá!

 

Planeje sua viagem:

Clique aqui para mais informações, atrativos que você encontra por lá, como chegar e lista de condutores.

Ingressos: Você pode comprar seu ingresso na Sede Petrópolis ou então antecipadamente através desse site. Nesse endereço também é possível fazer as reservas para as trilhas de montanha, campings e abrigos de montanha.

Horários de funcionamento: Sede – Todos os dias das 8:00h às 17:00h
É permitida a entrada no parque entre 6:00h e 8:00h e entre 17:00h e 22:00h mediante compra antecipada de ingressos.

Endereço: Av. Rotariana S/n, Teresópolis-RJ.

Tel: Administração: (21) 2152-1100
Bilheteria: (21) 2642-0579

 

9. Catedral de São Pedro de Alcântara

Catedral de São Pedro de Alcântara em Petrópolis-RJ foto
Catedral de São Pedro de Alcântara em Petrópolis-RJ. Foto: Jorge Antonio de Oliveira Vicente (CC BY 3.0), from Wikimedia Commons

Visitar a Catedral São Pedro de Alcântara é entrar de cabeça na história além de poder contemplar a maravilha arquitetônica do lugar – construção em estilo neogótico francês.

As pontiagudas torres laterais e as janelas ogivais chamam atenção ao longe!

A Catedral São Pedro de Alcântara recebe o nome pois é dedicada a São Pedro de Alcântara, padroeiro da cidade, do Brasil, e da Monarquia Brasileira.

Catedral de São Pedro de Alcântara em Petrópolis-RJ foto
Mausoléu da Catedral de São Pedro de Alcântara em Petrópolis-RJ. Foto: Wania Corredo

No seu interior a principal atração é o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D’Eu) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi, vitrais e pinturas de Carlos Oswald.

No mausoléu repare que, por uma ilusão de óptica, o peito do imperador parece se mover, como se ele ainda respirasse.

Recomendamos que você faça a visita com um dos guias que se encontram na frente da catedral.

Ele explica cada detalhe e cada história como de onde e porque vieram os vitros, o olho de vidro da santa e também conta um pouco sobre um dos maiores órgãos do Brasil.

 

Planeja sua viagem:

Endereço: Rua São Pedro de Alcântara, 60 – Centro
Tel: (24) 2242-4300
Visitação: diariamente, 8h às 18h
Entrada franca

 

10. Outras construções históricas

As principais construções históricas ficam praticamente em duas avenidas. Uma delas é a Rua Ipiranga, que reúne a Igreja Luterana, a Casa da Ipiranga e Casa de Rui Barbosa.

A Av. Koeler abriga o Palácio Rio Negro, o Palácio Sérgio Fadel e a Casa de Princesa Isabel.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Onde Ficar – Hotéis e Pousadas

Hotéis e Pousadas em Petrópolis foto
Hotéis e Pousadas em Petrópolis

Petrópolis possui ótimas hospedagens, com hotéis, pousadas que agradam a todos os gostos e bolsos.

Basicamente, se você quer ficar mais bem localizado a melhor opção é o centro, pois permite que os passeios sejam feitos a pé devido à proximidade com os pontos turísticos.

É uma área interessante também para quem procura por restaurantes, bares, cervejarias, lojinhas de souvenires, pontos de comércio, etc.

Agora se você quiser desfrutar os encantos da serra fluminense em casal ou com a sua família, é bem provável que você escolha uma acomodação mais afastada.

Itaipava é um distrito mais afastado do centro histórico, porém com boa infraestrutura e contato mais direto com a natureza. Por aqui também há um desenvolvido epicentro de compras, restaurantes, bares e casas noturnas, transformando-se em uma das principais áreas para jantar e sair à noite.

Valparaíso é o bairro nobre da Cidade Imperial, bem residencial e com pouca rede hoteleira, aqui o ideal é procurar casas para alugar.

Conhecido como centro gastronômico de Petrópolis, Valparaíso garante também boas opções para aqueles que prezam por refeições mais sofisticadas em alguns dos mais renomados restaurantes da cidade.



Booking.com

 

Como chegar

Como chegar - Petrópolis foto
Mapa

Chegar até até lá é bem fácil.

Saindo do Rio de Janeiro deve-se seguir pela BR 040 sentido Petrópolis (podem haver pedágios). Logo no topo da serra, para entrar em Petrópolis você deverá seguir as placas “via Quitandinha”, opte pela primeira, pois assim é mais fácil chegar ao Museu.

Saindo de Belo Horizonte (ou Brasília) você deve seguir pela BR 040 sentido Rio de Janeiro, ao chegar na serra depois do Posto da PRF entrar na via Bingen. Continue sempre em frente, seguindo todas as setas até o Centro, é muito bem sinalizado, sem preocupações aqui.

 

Conclusão

Praça 14 Bis, Petrópolis foto
Praça 14 Bis, Petrópolis. Foto: Wania Corredo

Por fim, Petrópolis é a combinação do charme e a beleza, das construções do período imperial e o frio da serra.

Petrópolis é um ótimo destino para ser visitado com a família e também é considerado um excelente destino romântico.

Não se esqueça de deixar nos comentários o que você achou deste Guia Completo de Petrópolis!

Diz pra gente também se você já conhece Petrópolis, se tem vontade de visitar, e quais as atrações que mais chamaram sua atenção!

E se você já visitou com Petrópolis compartilha aqui com a gente sua experiência e suas dicas.

Petrópolis é ou não é um lugar encantador? Garanto que o encanto de Petrópolis vai te conquistar e te deixar com gostinho de quero mais.

Salve este pin para não perder este post!

pin petropolis

Inscreva-se para receber novidades!

Seja o primeiro a receber nossas dicas de destinos e viagens pelo Brasil e pelo mundo e ainda diversas promoções e descontos!

Naturamhttps://naturam.com.br
O cerne de nosso trabalho consiste em fazer verdadeiros Guias das Cidades e Destinos do Brasil e do mundo, sempre buscando o verdadeiro turista no Brasil e até no exterior, com informações consistentes e frequentemente atualizadas. Encontre em cada destino as melhores opções de hospedagem, restaurantes e passeios.

DEIXE SUA OPINIÃO

Please enter your comment!
Please enter your name here