Paraty RJ: Praias, Pousadas, Turismo

Naturam » Blog da Naturam » Paraty RJ: Praias, Pousadas, Turismo

Paraty é um lugar de praias paradisíacas, monumentos históricos e festivais interessantíssimos, elementos que tornam Paraty simplesmente inesquecível!

A cidade fica logo na divisa entre os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, onde faz divisa com Ubatuba SP.

Em Paraty você poderá curtir belas praias, se deliciar com uma cena gastronômica pujante, respirar um ambiente rico em história do Brasil, curtir museus, arte, literatura… uma cidade indescritível e inesquecível!

Neste Guia de Paraty RJ você irá encontrar tudo o que precisa saber sobre a cidade: dicas de o que fazer, pousadas, hotéis, praias, trilhas, passeios, onde fica, história, eventos e claro, muitas fotos durante o texto.

O que você encontra aqui:

As Melhores Praias de Paraty

Como já mencionamos, Paraty está na divisa entre os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Ela é vizinha de outras duas cidades praianas muito famosas: Ubatuba e Angra dos Reis.

Ao contrário de muitos destinos litorâneos brasileiros, Paraty não é só praia. Mas ela também traz muitas maravilhas que merecem ser exploradas por banhistas, surfistas, fãs da natureza e famílias.

São cerca de 90 praias dentro dos limites da cidade.

Boa parte delas é acessível apenas de barco ou por trilhas.

Então não poderíamos deixar de mostrar pra você as melhores praias de Paraty, não é mesmo?

Vamos à algumas das praias que merecem destaque:

1. Praia do Sono

Do centro de Paraty, o acesso à Praia do Sono é um pouco complicado. Você pode ir de carro ou pegar um ônibus na rodoviária em direção à Vila do Oratório – o trajeto dura aproximadamente 45 minutos.

Uma vez na Vila do Oratório, será necessário ou pegar um barco – há saídas também de Trindade – ou fazer uma trilha que tem cerca de 3 km de extensão. Ela não é das mais difíceis e possui degraus e corrimão em boa parte do trajeto.

Ao chegar à Praia do Sono, você ficará encantado!

O mar é bastante calmo e a areia é fina.

Quase não há infraestrutura. É um lugar de natureza intocada.

Você poderá se deitar com calma e simplesmente apreciar o lugar!

Vale a pena passar horas por lá. Uma experiência de paz e tranquilidade que você com certeza apreciará muito!

2. Praia dos Antigos

Não está satisfeito com a calmaria e o isolamento da Praia do Sono? Tudo bem! Um pouco mais de esforço e você chegará à Praia dos Antigos.

Novamente, as opções são trilha e barco. Mas dessa vez, a primeira é bem mais complicada. É uma subida muito íngreme e que requer alguma experiência.

O barco normalmente pode ser tomado da própria Praia do Sono.

A Praia dos Antigos é maravilhosa!

Ainda menos visitada, oferece uma piscina natural na qual pode-se notar a presença dos peixes. Existe muita vegetação que produz ótima sombra e permite um descanso de muita qualidade.

É comum que existam pouquíssimas pessoas por lá. Quase um sentimento de praia particular!

Também é possível ter uma vista incrível da Praia do Sono que vai render excelentes fotos.

Se você quiser continuar mais um pouco, pegará uma nova trilha para a Praia dos Antiguinhos. Claro que recomendamos!

3. Trindade

Trindade é um distrito de Paraty bem próximo à divisa com Ubatuba.

Ficou bastante conhecido como destino hippie e ainda hoje tem um pouco essas características: muitas pessoas acampam por lá!

Hoje, a estrutura é um pouco mais desenvolvida e já há pousadas e hotéis de qualidade.

Opções para todos os gostos!

E as praias também são assim: algumas mais movimentadas, outras nem tanto. Algumas com muitas ondas, outras com característica de piscina natural.

Do centro de Paraty, você pode pegar um ônibus em direção à Trindade. Ele levará em média 45 minutos no trajeto. Também é possível ir de carro. Você chegará, assim, à Praia do Meio.

Ela costuma ficar lotada na alta temporada e tem ambulantes e barraquinhas que vendem petiscos. É uma opção de acesso fácil e que pode ser apreciada por toda a família.

Se você quer algo mais tranquilo, com uma trilha de 20 minutos ou um passeio de barco é possível chegar à Praia do Cachadaço. É um lugar maravilhoso e cheio de cachoeiras ao seu redor!

Apenas tome cuidado porque o mar é um pouco perigoso. Há bastante correntes e buracos que podem causar acidentes com os mais desavisados.

A preferência é por tranquilidade também nas águas? Então com mais 20 minutos de trilha (40 desde a Praia do Meio) você chegará às Piscinas Naturais do Cachadaço! Aí, sim, não há grandes riscos!

Você encontrará um lugar realmente paradisíaco: vegetação intocada, piscinas naturais cheias de peixinhos, calmaria e paz.

As Piscinas Naturais do Cachadaço são imperdíveis e precisam estar no seu roteiro por Paraty. Só não se esqueça de levar água e comida, já que não há nenhum comércio por lá.

Garantimos que você jamais se esquecerá do maravilhoso distrito de Trindade!

4. Praia da Lula e Ilha Comprida

Pode até parecer que estamos ficando repetitivos, mas em Paraty, as principais praias são afastadas do centro.

Para ir à Praia da Lula e à Ilha Comprida, é necessário pegar uma escuna no porto da cidade. O passeio muitas vezes é feito de uma só vez.

E o passeio de barco por si só já faz parte da experiência!

Andar por um mar limpo, rodeado de belas paisagens, até chegar às praias. É muito contato com a natureza!

Os preços ficam em por volta de R$ 40 ou R$ 50 por pessoa.

Uma vez nelas, você irá se deparar com águas limpas, pedras e vegetação. Há pouca infraestrutura, por isso, leve o que você for consumir durante o dia.

A Ilha Comprida é uma piscina natural – não tem praia propriamente dita, mas é ótima para mergulho. É possível ver muitos peixinhos coloridos!

Na Praia da Lula, o mar é muito calmo. Dá para relaxar bastante nas suas águas.

A dica que deixamos é ir o mais cedo possível. Assim, você não enfrenta concorrência pelas escunas e pode aproveitar os destinos quase completamente vazios.

O que fazer em Paraty

É claro que as Praias de Paraty já são um ótimo motivo para visitar a cidade, mas não é o único.

Pode acreditar, não faltará opções de o que fazer em Paraty!

Se você gosta do contato com vegetação intocada, banhos de cachoeiras e belos parques, fique tranquilo, a cidade tem muito a te oferecer!

Mas também sabemos que Paraty não é só mais uma cidade de praia como qualquer outra.

Além de exuberante natureza, possui um centro histórico muito bem preservado que remete a uma outra época.

Não é demais?

Além do próprio centro, há também outras atrações imperdíveis.

Bom, sem mais delongas, vamos então às dicas que preparamos pra você dos passeios e opções de o que fazer em Paraty:

1. Cachoeiras

A localização geográfica favorece a formação de uma abundância de cachoeiras em Paraty.

Muitas delas são belíssimas e atraem um grande número de turistas.

Portanto, que tal um banho gostoso de água doce depois daquela visita ao mar?

A Cachoeira da Pedra Branca, que fica na estrada que liga a cidade ao município de Cunha (km 4,5) é a mais famosa. São duas quedas d’água que formam uma piscina natural. Há até mesmo um bar no lugar!

Para quem não sabe nadar ou quer levar as crianças, recomendamos a Poço da Laje. Fica na Estrada do Corisco, na direção de Ubatuba. Ela tem uma pedra lisa que é quase um toboágua natural!

Deságua em uma espécie de poço raso que tem profundidade máxima de 1,60 metro. Excelente para todas as pessoas!

Em Trindade, a mais famosa é a Pedra que Engole. É uma cachoeira que fica entre duas rochas, dando a impressão, no mergulho, que você realmente está sendo engolido pela pedra.

E se você é exímio nadador e quer fortes aventuras, recomendamos a Cachoeira da Praia Brava, também em Trindade. Mas a queda é bastante forte e profunda, portanto, todo cuidado é pouco!

2. Parque Nacional da Serra da Bocaina

Serra e mar. Variações de altitude, de vegetação e de paisagem. É tudo isso que o Parque Nacional da Serra da Bocaina te proporciona!

Há duas formas diferentes de entrar nele, e nos focaremos no litorâneo. Isso porque a parte de serra tem seu acesso por outro município, no caso, São José do Barreiro. Mas devemos dizer que você encontrará incríveis mirantes por lá!

Por Paraty, você consegue entrar na parte mais baixa do parque. Será uma experiência marcante por estar rodeado de mata atlântica nativa. Há algumas praias e piscinas naturais à disposição.

Como esse é um parque ainda não totalmente demarcado, ele não oferece serviços específicos ao turista. Por isso, se você quiser contratar guias ou fazer trilhas, terá que fazer de forma independente.

Tome cuidado se estiver sozinho: não se perca na mata e saiba que pode haver muitos animais perigosos por ali! Respeite a natureza, não deixe lixo e mantenha tudo como encontrou.

Para saber o que é permitido ou não dentro do parque, clique aqui e visite o site oficial.

3. Centro Histórico

O centro histórico de Paraty é uma cidade de outra época perdida no tempo.

As construções são de uma arquitetura bastante antiga. O chão ainda é de pedra. As ruas são estreitas. Casas com garagem? Raridade!

Aliás, apesar do lindo visual rústico que as ruas de pedra proporcionam, elas também acabam não sendo as mais confortáveis, portanto, nossa dica para uma visita ainda mais prazerosa é usar calçados confortáveis e claro, andar com atenção para não tropeçar.

É um ótimo passeio para tirar fotos, aproveitando o que só essa arquitetura antiga pode oferecer.

Dependendo da época do ano e da hora do dia, quando a maré fica cheia, as ruas da cidade são invadidas!

Mas calma, não se preocupe, ela já foi projetada com essa ideia. Mas é algo interessante de se acompanhar.

Há várias lojas vendendo artesanato, roupas, comidas típicas e muito mais. Também há bares e cafés.

É comum encontrar as cachaças tradicionais da cidade, mas falaremos disso mais tarde!

Não há como ir à cidade sem andar por essas ruas.

Ta gostando do nosso guia de Paraty? São ou não são muitas opções de o que fazer?

Continue lendo que ainda tem muito mais!

4. Museu de Arte Sacra de Paraty

Já imaginou ter acesso a uma enorme quantidade de peças artísticas que datam do século XVII? Em Paraty, você pode!

No Museu de Arte Sacra de Paraty você encontra peças de barro, madeira, metal, entre outros materiais. Elas são principalmente ligadas à arte sacra, como diz o nome do museu, e retratam os estilos artísticos de várias eras da nossa história.

O museu fica dentro da Igreja Santa Rita, no centro histórico.

A visita é gratuita às terças-feiras, mas nos outros dias custa módicos R$ 4.

Também está incluído na visita um passeio por dentro da igreja e, em breve, também estará aberto o antigo cemitério que fica ao lado.

5. Museu do Forte Defensor Perpétuo

No século XVIII, Paraty fazia parte do caminho da Estrada Real, pela qual era transportado o ouro de Minas Gerais para a capital da época, o Rio de Janeiro.

Por isso, vários fortes foram construídos por ali. Era preciso observar se tudo ia bem no caminho e proteger o transporte das riquezas que saíam das minas.

Apenas um resiste em pé: o Forte Defensor Perpétuo. Hoje, ele é um museu aberto para visitação.

É possível encontrar ali vários artigos usados originalmente no forte, como canhões e balas de pólvora, tachas e caldeirões que eram empregados na produção do açúcar.

Também há a herança triste: tronco de escravos original e outros instrumentos de tortura.

O museu está aberto para visitação de terça a domingo, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

6. Eventos e Festivais

Paraty é a cidade dos eventos e festivais.

Com um calendário diversificado o ano todo, não faltarão desculpas para você continuar voltando pra lá.

Dentre todos os eventos de Paraty, vamos colocar aqui pra você os principais, ou os mais famosos vamos por assim dizer!

FLIP (Festa Literária de Paraty)

A FLIP é uma das principais festas literárias do país tem casa em Paraty!

Desde 2003, todos os anos um escritor brasileiro é homenageado nesse evento de muito sucesso.

Além da homenagem, são várias as mesas de discussão, normalmente contando com autores renomados, discutindo o atual estado da arte e da literatura.

Muitas pessoas, especialmente os fãs dessa arte, vão à cidade na época da festa e aproveitam para, além do clima cultural da FLIP, conhecerem as maravilhas de Paraty.

A FLIP normalmente acontece em julho, época onde ainda temos muitos dias de sol e poucas nuvens.

Confira o site oficial do evento!

Paraty em Foco

A literatura não é a única arte que conta com um evento prestigiado em Paraty. Em setembro, é a vez da fotografia, com o Paraty em Foco.

O esquema é bastante parecido: há vários convidados renomados, workshops, mesas de discussão e exposições.

É a oportunidade perfeita para os apreciadores da fotografia, estudantes e profissionais estarem em contato com o mercado, com o estado da arte e ainda conhecerem tudo o que Paraty tem para oferecer!

Normalmente a Paraty em Foco acontece em setembro. Vale muito conferir!

Visite o site oficial também desse evento clicando aqui!

Festival da Pinga

Literatura e fotografia são artes que deliciam nossos cérebros e olhares, mas você também pode considerar que a pinga tem os mesmos efeitos no paladar.

Em agosto, Paraty também é a casa de um dos maiores festivais de pinga do Brasil. Alambiques e produtores expõem as suas cachaças na cidade enquanto shows musicais de vários estilos animam ainda mais os participantes!

São muitas as possibilidades no Festival da Pinga de Paraty, que costuma durar um final de semana em agosto da hora do almoço até a madrugada!

Boa cachacinha e boa gastronomia em uma cidade paradisíaca? Como não amar participar desse evento?

Confira o site oficial.

Gastronomia em Paraty

Já que estamos falando de cachaça, continuamos brevemente no assunto: quase todos os bares locais vendem a Gabriela, feita de cravo e canela, a mais tradicional de Paraty!

E você também pode pedir um Jorge Amado, drink que é feito com a Gabriela (não pode ser outra cachaça, é claro), limão e maracujá!

Se você não é fã das bebidas alcóolicas, vamos ao que interessa: comida. Paraty é bastante rica no assunto!

Isso acontece por causa da versatilidade: ao mesmo tempo, é uma cidade litorânea e colonial. Ou seja, oferece frutos do mar e o que há de melhor de cidades de praia, mas também aquela comida mais tradicional do interior brasileiro.

E não para por aí!

A culinária local é quase que cosmopolita por sua proximidade com tantos estados e culturas. Mesmo sendo uma cidade pequena, você encontra uma variedade de sabores que é rara.

Entre bistrôs, bares de praia, restaurantes mais sofisticados e comida contemporânea regional, você com certeza deliciará seu paladar!

Pousadas em Paraty

Imagino que agora você deva estar se coçando pra poder visitar essa cidade maravilhosa, e o que falta? Falta aquela busca por pousadas em Paraty, é claro.

A versatilidade também aparece na rede hoteleira de Paraty. Há lugares para todos os gostos e necessidades!

Os lugares mais afastados do centro, como Trindade e demais praias de difícil acesso, são ricas em campings e albergues. Esses lugares têm fama de atraírem muitos hippies. Isso ficou no passado, e o número de pousadas e chalés tem crescido por lá.

Quanto mais para o centro, mais o clima dessas hospedagens muda. Hotéis de muita qualidade, capazes de receber viajantes exigentes, predominam.

Em Paraty você encontra pousadas de alto nível, hotéis quatro estrelas, casas coloniais transformadas em empreendimentos de hotelaria, residências no centro histórico… Opções não faltam!

Por isso, queira você simplicidade e contato com a natureza, queira um grande luxo, as pousadas de Paraty e demais estadias com certeza irão te oferecer o que espera!

Pousadas

Pousada do Príncipe

Pousada Corsário

Pousada Palmeira Imperial

Pousada do Sandi

Pousada da Condessa

Pousada Arte Urquijo

Pousada Laguna Blue

Pousada Morro do Forte

Pousada Literária

Pousada Arte Colonial

Pousada Bartholomeu

Pousada da Marquesa

Pousada Apple House

Pousada Bromélias

Pousada Villa Del Rey

Pousada das Pedras

Pousada Acquarela

Pousada do Imperador

Pousada do Forte

Vila Noah Pousada

Pousada Parque da Mata

Pousada Provence

Pousada Missanga

Pousada Pé na Areia

Hotéis

Imperatriz Paraty Hotel

Casa Nostra Boutique Hotel

Boutique Hotel Carpe Diem

Santa Clara Hotel

Casa Hotel Paraíso Paraty

No mapa abaixo, você poderá fazer sua pesquisa pela melhor hospedagem para seu perfil. A Reserva é segura e garantida, feita através do Booking;

Booking.com

Onde fica? Como chegar?

Paraty fica às seguintes distâncias de cidades de destaque:

  • Rio de Janeiro – 240 km
  • São Paulo – 270 km
  • Angra dos Reis – 96 km

Para quem vai de carro, o trajeto saindo do Rio de Janeiro é relativamente simples pela BR-101. De São Paulo, são muitas opções, sendo o mais recomendado ir até Guaratinguetá e depois descer a serra.

Há ônibus diários partindo das duas capitais em direção à cidade. As viagens duram cinco ou seis horas e as passagens custam aproximadamente 80 reais.

Se você vai viajar de longe a Paraty, a melhor opção é pegar um avião justamente para São Paulo ou para o Rio de Janeiro e então seguir as orientações acima.

Paraty, um paraíso cheio de história

Poucas cidades oferecem uma gama tão enorme de coisas para fazer como Paraty.

Se você é de praia, se é das artes, se é das viagens históricas ou se é das cachoeiras, vai amar a estadia por lá!

As paisagens e cenários se tornam também perfeitas para os que gostam de tirar fotos.

É por isso que tocamos em tantos pontos e ainda assim parece que falta algo.

Como é possível, com apenas 50 mil habitantes, um lugar ter tanta coisa?

Paraty é mesmo incrível e esperamos que você esteja satisfeito com o que mostramos!

Por favor, deixe pra nós seu comentário. Nos diga o que acha de Paraty!

Comente com a sua opinião sobre esse guia de Paraty que fizemos com tanto carinho pra você.

Aproveite também para compartilhar o guia com a pessoa que você quer levar para Paraty na próxima vez que for pra lá.

Seja com elogios, críticas ou sugestões, é você que nos dá a energia para continuar escrevendo e produzindo conteúdo sobre a melhor coisa da vida: viajar!

Outros destinos recomendados

Ali pertinho de Paraty, na divisa com SP, está a cidade de Ubatuba, e modéstia a parte, temos o melhor guia da cidade, com todas as praias, dicas de o que fazer, fotos, pousadas, hotéis, e muito mais!

E bem na divisa com Ubatuba está o famoso bairro de Trindade em Paraty, do qual também temos um guia exclusivo e completo, confira aqui: Trindade RJ.

Agora, você estando interessado em Paraty, é possível que você se interesse também em outros destinos do Rio de Janeiro, e nós temos muitos guias de destinos desse estado maravilhoso.

Búzios, Angra dos Reis, Arraial do Cabo, da cidade do Rio de Janeiro, Niteróí, Cabo Frio, Saquarema, Rio das Ostras, Mangaratiba, todos com informações sobre o que fazer, passeios, distâncias, como chegar, praias, além de fotos e vídeos.

E indo para o interior do RJ, vale a pena conferir também Penedo, Nova Friburgo, Petrópolis e Visconde de Mauá.

▶ Vai viajar? Então reserve aqui!

Você sabia que ao fazer uma reserva com um link aqui no nosso blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda a Naturam a produzir mais artigos de qualidade! Agradecemos imensamente a ajuda!

Deixe um comentário