Peruíbe – Guia Completo

Naturam » Nossos Guias Turí­sticos » Peruíbe – Guia Completo

Seja bem-vindo a Peruíbe, a cidade do litoral Sul Paulista onde as praias têm o menor índice de poluição de todo o estado!

Conhecer Peruíbe é ter a certeza de que lindíssimas praias estarão à sua espera… e não só isso! Cultura, história, diversão e natureza também fazem parte do cardápio.

Com tantas atrações, nós temos certeza de que você quer seu lugar ao sol nessa cidade que fica bastante ao sul do litoral paulista.

E é por isso que preparamos um guia completo de Peruíbe! Tudo o que você precisa saber sobre essa maravilha, que tem nada menos do que 32 km de orla, estará nas linhas a seguir.

Preparado para se apaixonar?

Índice das atrações de Peruíbe:

1. Praias

1.1 Praias do Centro

1.2 Prainha

1.3 Praia do Guaraú

1.4 Praia do Caramborê

1.5 Praia da Barra do Una

2. Cachoeiras

2.1 Cachoeira Paraíso

2.2 Cachoeira Poço Azul

3. Reserva Ecológica da Juréia

4. Atrações do centro da cidade

4.1 Lamário de Peruíbe

4.2 Aquário de Peruíbe

4.3 Passeios pelo centro

4.4 Mini Porto e Mercado de Peixes

4.5 Ruínas do Abarebebê

5. Gastronomia e vida noturna em Peruíbe

6. Onde se hospedar?

7. Como chegar?

8. Conclusão

1. Praias de Peruíbe

Estamos falando de uma cidade litorânea. É claro que em Peruíbe existem muitas opções de passeio e lazer, mas sabemos que o principal motivo para que as pessoas a visitem é a existência de belas praias.

E Peruíbe tem praias para todos os gostos: movimentadas e cheias de quiosques, calmas e cheias de natureza, cheias de ondas fortes e procuradas por jovens.

Com certeza existe um cantinho desses 32 km de orla para você!

Decidimos selecionar as cinco melhores praias de Peruíbe. Respeitando, é claro, a diversidade de opções. Hora de conhecê-las!

1.1  Praia do Centro

Praia do Centro de Peruíbe
Praia do Centro – Foto: peruibe.sp.gov.br

O centro de Peruíbe é bastante urbanizado e repleto de restaurantes, bares, comércios e pousadas. Falaremos mais sobre algumas dessas atrações mais tarde!

E essa urbanização também se reflete nas praias! É claro, são as mais cheias de quiosques da cidade. Comer e beber por lá é uma ótima opção. Também é onde a maior parte das pessoas fica.

A extensão das praias do centro é grande. Elas mudam de nome de acordo com os bairros, mas são na verdade uma coisa só. Uma imensa orla cheia de quiosques e com um mar bastante gostoso e próprio para todas as idades!

Ficar no centro é para quem gosta do passeio praiano tradicional: sentar em uma mesinha, beber uma cerveja, comer uma porção e eventualmente aproveitar o sol e o mar. Uma delícia!

1.2  Prainha

Prainha de Peruíbe
Prainha – Foto: peruibe.sp.gov.br

Peruíbe é dividida em basicamente dois distritos: Centro e Guaraú. Entre elas, existe uma região montanhosa que precisa ser atravessada de carro ou transporte público. E é ali no meio que está a Prainha!

A Prainha tem um mar esverdeado e é envolta por uma natureza muito preservada. O mar é cercado por rochas, combinando com a configuração montanhosa da região.

O acesso é feito por uma escadaria, descendo do morro. Há apenas um restaurante por lá, mas ainda é um lugar procurado. Principalmente por praticantes de esportes náuticos e por quem quer ficar junto à natureza!

Na parte de cima, uma linda visão panorâmica da cidade. E um castelo de aspecto medieval que muitos dizem ser mal assombrado. Será que você tem coragem de conhecê-lo?

1.3  Praia do Guaraú

Praia do Guaraú de Peruíbe
Praia do Guaraú – Foto: peruibe.sp.gov.br

Continuando o trajeto de centro em direção ao sul, chega-se à outra parte da cidade. E a principal praia que existe por lá é a do Guaraú!

Essa praia em nada se parece com as do centro: é muito rústica, tanto em estrutura, como em visual. As hospedagens são mais como acampamentos e pousadas para quem busca tranquilidade e calmaria.

É um lugar que apresenta o maravilhoso encontro entre mar e rio, com a foz do Guaraú. Por isso, é possível aproveitar tanto a água salgada, como a doce!

O mar aqui é muito mais agitado que no centro, atraindo surfistas e uma galera mais jovem. Como é vizinha à Reserva Ecológica da Juréia, também oferece trilhas, cachoeiras e muito mais nas proximidades.

Logo em frente, num passeio de 30 minutos de barcos que saem da praia, está a Ilha do Guaraú, com um mar que é uma piscina natural esverdeada. É conhecida como “o caribe do litoral sul”.

As embarcações param entre as pedras, e as pessoas têm como acompanhantes um monitor e um guarda vidas.

Na Ilha, por causa das águas claras e transparentes, podem ser avistadas tartarugas e peixes, um passeio ótimo para o contato com a natureza e a conscientização do meio ambiente.

1.4  Praia do Caramborê

Praia do Camborê de Peruíbe
Praia do Caramborê – Foto: peruibe.sp.gov.br

Talvez você já tenha entendido o recado, mas vamos reforçar. Quanto mais ao sul de Peruíbe, mais natureza, mais tranquilidade, menos pessoas, menos agito!

A Praia do Caramborê é um espetáculo de preservação ambiental. Já faz parte da Reserva Ecológica da Juréia e seu acesso é feito apenas por trilhas. Garantimos que a maior dificuldade para chegada garante um dia inesquecível!

A vista é sensacional na chegada da trilha: uma praia com um costão montanhoso enorme, mas coberto pela mata atlântica. Um mar extremamente limpo. Um visual que parece cartão postal da antiguidade.

Não existe qualquer tipo de estrutura na Praia do Caramborê, apenas alguns campings para quem quer realmente se conectar com a natureza e passar alguns dias por lá, respirando ar puro e se aventurando nesse mar cristalino. Leve o que for consumir!

1.5  Praia da Barra do Una

Praia Barra do Una de Peruíbe
Praia Barra do Una – Foto: peruibe.sp.gov.br

A última praia de Peruíbe, já quase na fronteira com a inexplorada Iguape, é a Barra do Una. Ela também tem difícil acesso, via estradas de terra, sendo bastante difícil ir com um carro comum.

O espetáculo por ali é o encontro entre rio e mar! A praia tem uma larga extensão e é possível observar o acontecimento de perto. E praticamente sozinho!

Por ser tão afastada, a Praia da Barra do Una é quase que deserta. A tranquilidade impera em meio a uma natureza deslumbrante. Os ecossistemas coexistem em harmonia por ali, com mangue, restinga e mata atlântica.

Chegue cedo e se prepare para andar e conhecer cada cantinho da praia. As surpresas e as belezas te aguardam por todos os lados.

A Barra do Una até tem um pouco de estrutura, já que abriga uma vila de pescadores. Você pode achar um restaurante caiçara e comer uma refeição que em nada te lembrará a cidade grande. Aproveite o passeio!

2. Cachoeiras de Peruíbe

Como abriga uma reserva ecológica belíssima, Peruíbe é cheia de formações naturais de rara beleza. E entre elas, estão as cachoeiras!

Por isso, vamos tratar agora no guia completo de Peruíbe das duas melhores cachoeiras dessa incrível cidade.

2.1 Cachoeira Paraíso

Cachoeira Paraíso de Peruíbe
Cachoeira Paraíso – Foto: peruibe.sp.gov.br

Paraísos não são de fácil acesso. E esse aqui mostra bem isso: a cachoeira fica na estrada do Guaraú, entre as praias do Guaraú e da Barra do Una. É preciso pegar um desvio que leva à entrada principal, e depois ainda percorrer uma pequena trilha.

Mas se você quer conhecer um toboágua natural em uma cachoeira com perfeita inclinação, essa visita é imperdível!

O lugar é ótimo até para quem não sabe nadar, já que em alguns lugares a profundidade é rasa e tranquila. São dezessete metros de comprimento no total. Cada ponto para um tipo de público!

E não é só de cachoeira que o paraíso é feito! Também existe um restaurante de boa qualidade ali, vendendo petiscos e bebidas. Uma atração completa!

A única notícia ruim é que a visitação é limitada a 270 pessoas por dia, portanto, chegue cedo.

2.2  Cachoeira Poço Azul

Cachoeira Poço Azul de Peruíbe
Cachoeira Poço Azul – Foto: peruibe.sp.gov.br

Você já se banhou em uma cachoeira com água verde esmeralda?

Sim, o nome “Cachoeira do Poço Azul” mente. É lá que fica a água verde esmeralda. E o acesso é bastante fácil, ficando à beira da Estrada Armando Cunha. De carro ou de transporte público, é possível chegar com facilidade.

A cascata do local é de fluxo tranquilo, permitindo que os visitantes apenas relaxem na água e passem um dia de diversão e relaxamento.

E também existe uma pequena estrutura, com lanchonete e bar que supre a demanda dos clientes. Melhor: ao contrário da Cachoeira Paraíso, não há qualquer restrição de número de visitantes.

O que você está esperando para conhecer?

3. Reserva Ecológica da Juréia-Itatins

Reserva Ecológica da Juréia de Peruíbe
Reserva Ecologica Juréia-Itatins – Foto: Edilson Almeida peruibe.sp.gov.br

Nós já citamos a Reserva Ecológica da Juréia em alguns pontos desse guia completo de Peruíbe. Falamos em praias e em uma cachoeira que estão dentro dela. Mas saiba que a área de preservação não se resume a isso!

Essa reserva passa pela área de vários municípios – Peruíbe é apenas o maior deles. E além de praias e cachoeiras, existem montanhas, trilhas, áreas rochosas e muito mais para se explorar.

Um passeio que recomendamos é o de jipe ou jardineira pelo alto da Serra do Guaraú. Além da vista espetacular, você terá um contato com a natureza que é quase impossível na cidade grande. E em um ecossistema bastante próprio!

Você ainda pode conhecer alguns rios totalmente limpos, nos quais é possível nadar, e fazer trilhas de uma beleza que espanta. Procure guias turísticos em Peruíbe e pergunte pelos passeios oferecidos na Reserva Ecológica da Juréia!

É uma oportunidade de se deliciar com uma área preservada de facetas variadas e surpreendentes.

4. Atrações do centro da cidade

Centro de Peruíbe
Centro de Peruíbe – Foto: enplan.com.br

Peruíbe não é só praia e natureza. A cidade tem mais de 60 mil habitantes e uma excelente estrutura para receber turistas.

Por isso, o centro da cidade também se desenvolveu. Não é todo dia que dá praia e é preciso sempre entreter os turistas, não é mesmo?

Selecionamos quatro atrações fundamentais para que você possa dizer que de fato conheceu esse lindo município!

4.1  Lamário de Peruíbe

Lamário de Peruíbe
Lama Negra Peruíbe – Foto: peruibe.sp.gov.br

Uma curiosidade de Peruíbe é que existe uma jazida de lama negra que ocupa cinco hectares na cidade. E por muito tempo, ninguém soube exatamente o que era aquilo.

Na década de 1970, estudos mais profundos foram feitos. E chegaram a excelentes conclusões!

A lama negra de Peruíbe é provavelmente de origem vulcânica e foi depositada ali pelos movimentos geológicos. Tudo isso aconteceu milhões de anos atrás!

E as propriedades desse material são mágicas, similares às encontradas no Mar Morto! A radioatividade é baixíssima e o material tem ação oxidante que faz muito bem para a pele e ainda ajuda com o cansaço e o estresse.

Não se trata de achismo ou especulação: as propriedades anti-oxidantes e antialérgicas da lama de Peruíbe são comprovadas!

Por isso, foi criado o Lamário de Peruíbe, que fica no centro da cidade, na Avenida Dr. Mário Covas Júnior, 204. O acesso é bem fácil, o endereço é pertinho da beira-mar!

Ali, além de conhecer com mais detalhes a rica história da lama negra de Peruíbe, você pode fazer aplicações e tratamentos por valores simbólicos!

O funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas e aos sábados e domingos das 8 às 16. As aplicações de máscara na face custam 5 reais e, no corpo todo, 8 reais. Imperdível!

4.2  Aquário de Peruíbe

Aquário de Peruíbe
Aquário de Peruíbe – Foto: sergiospires.wordpress.com

Visitou o lamário? Então não deixe de ir ao aquário! As duas atrações são vizinhas.

O aquário de Peruíbe é muito completo. Possui mais de 15 tanques de água doce e salgada que abrigam mais de 80 espécies de animais vivos, entre peixes, crustáceos, anfíbios e répteis.

E não é só isso: também há uma parte histórica, uma espécie de museu, que tem animais empalhados e outros objetos de origem marinha. É uma ótima possibilidade para entender melhor o que acontece no fundo do mar!

Aquário de Peruíbe
Aquário de Peruíbe – Foto: peruibe.sp.gov.br

Estamos falando de um passeio capaz de agregar muito conhecimento e diversão tanto para adultos, como para crianças.

O endereço é o mesmo do lamário: Avenida Doutor Mário Covas Júnior, 204. O funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8 às 18 horas e aos sábados e domingos das 8 às 17. Ingressos custam 9 reais para adultos e 7 para crianças e idosos.

4.3  Passeios pelo centro

Centro de Peruíbe
Centro de Peruíbe – Foto: peruibe.sp.gov.br

O centro de Peruíbe foi todo urbanizado e remodelado pensando no número de turistas que a cidade recebe. Hoje, é um passeio muito agradável!

As avenidas são bastante largas e têm calçadas grandes, pensando no fluxo de pessoas. Várias lojinhas por ali vendem artesanatos e souvenirs.

Você também pode encontrar bares e restaurantes de qualidade, além de outros comércios típicos das cidades praianas como peixarias e sorveterias. É um centro completo e cheio de opções!

A principal atração do centro de Peruíbe é a Praça Redonda, toda cercada por bares e restaurantes. Muitos ficam por ali à noite, matando o calor com uma cerveja gelada. E os principais eventos da cidade também são realizados no lugar.

Não podemos deixar de citar o parque de diversões e o letreiro da cidade. Que tal matar nostalgia e andar em uma roda gigante com a pessoa dona do seu coração?

Praia durante o dia, parque de diversões à noite… Que belas férias!

4.4  Mini Porto e Mercado de Peixes

Porto de Peruíbe
Porto de Peruíbe – Foto: mapio.net

Pertinho do aquário e do lamário estão essas duas atrações, também muito típicas de uma pequena cidade praiana.

O mini porto é interessante para quem quer conhecer o estilo de vida local. A toda hora, pescadores saem e chegam. Você pode ver o dia a dia das pessoas que tiram do mar seu sustento.

E é junto a esse mini porto que fica o Mercado de Peixes, um lugar tradicionalíssimo do litoral brasileiro. Afinal, quem não quer alimentos frescos e saborosos para comer?

Você pode comprar peixes e frutos do mar ali e levar para sua casa ou hospedagem, preparando como desejar mais tarde, ou para um dos pequenos restaurantes que ficam no local e cozinham na hora. Os custos serão baixíssimos e você poderá saborear incríveis iguarias!

Justamente por isso, esse é um dos passeios mais legais de Peruíbe. Sabemos o quanto agradar o estômago é importante!

4.5  Ruínas do Abarebebê

Ruínas do Abarebebê de Peruíbe
Ruínas do Abarebebê

Em 1549, a colonização do Brasil ainda engatinhava. Muitos dos portugueses que estavam por aqui eram padres jesuítas com a missão de catequizar os indígenas.

É dessa época que datam as primeiras igrejas do país. E uma delas estava localizada no que hoje é Peruíbe. A Igreja de São João Batista foi erguida na segunda metade do século XVI e suas ruínas hoje são puro encanto.

Já foram encontrados no local, que também abriga um cemitério indígena, artefatos de imensurável valor histórico. O passeio pelas hoje chamadas Ruínas do Abarebebê permite um contato com outra época, outro estilo de vida, outra arquitetura.

Ruínas do Abarebebê de Peruíbe
Ruínas do Abarebebê – Foto: CME http://dpid.cidadaopg.sp.gov.br/

As ruínas são patrimônio histórico nacional e paulista, com tombamentos feitos por diversas entidades.

E não é só isso: você se liga em ufologia? Saiba que são constantes os avistamentos de UFOs no local e que a procura para observação astronômica é bem alta.

As ruínas do Abarebebê ficam na Estância Balneária do Convento Velho, a 8 km do centro da cidade. A visitação acontece de terça a sábado, das 9h às 16h, e é gratuita.

5. Gastronomia e vida noturna em Peruíbe

Não podemos fazer um guia completo de Peruíbe sem falar de comida, não é mesmo? Mas não se preocupe: como cidade litorânea, as opções na cidade são variadas.

É claro que os pratos mais típicos são peixes e frutos do mar, servidos tanto em quiosques na orla como no centro da cidade. Mas Peruíbe não para por aí: pizzarias, cantinas e restaurantes portugueses estão entre os mais bem avaliados no local.

No centro, é possível encontrar opções baratíssimas de alimentação. Pratos feitos de qualidade por apenas 10 reais!

E nas praias mais afastadas, principalmente já na Reserva Ecológica da Juréia, há alguns restaurantes caiçaras que te permitem conhecer a verdadeira comida típica da região. Tradição que vem de séculos!

O seu negócio é a vida noturna? Na alta temporada, Peruíbe tem boas opções para você. Afinal, é preciso manter os jovens entretidos o tempo todo!

De bares mais tranquilos com música ao vivo a baladas que avançam por toda a madrugada, saiba que você encontrará o que fazer sem precisar sair de Peruíbe. A cidade é pequena, mas completa!

6. Onde se hospedar?

A rede hoteleira de Peruíbe é bastante desenvolvida. Seja qual for o tamanho do seu bolso, haverá uma opção.

O centro da cidade abriga a maior parte dos hotéis e pousadas de nível mais alto. Mas é por ali também que os preços mais em conta dominam, fazendo do lugar bastante versátil.

Além desses hotéis e pousadas de preços variados, se você quiser um hostel ou um apartamento de aplicativo, o centro é a melhor ideia.

A principal mudança geográfica é a se a ideia for um maior contato com a natureza. Daí, é preferível olhar para o distrito do Guaraú. É por ali que estão estruturas para acampamentos e hospedagens muito rústicas.

Mas independente do seu gosto, um bom lugar te espera em Peruíbe!

Centro

Hotel Areia Dourada

C. Férias SITRAEMFA

C. Férias Sindi Fast

Sollar dos Gerânios

Pousada Ametista

Pousada do Arpoador

Hotel Pousada Peruíbe

Chácara Estrela do Mar

Pousada Aconchego

Perequê – Estrada para Barra do Una

Guaraú

Pousada Gaivotas

Pousada Paraíso

Guaraú Praia Suítes

Paraíso Ecológico

Villa 30 Pessoas

Encontrou sua Pousada em Peruíbe, ou um bom apartamento ou casa de temporada?

Neste caso, para conhecer algumas opções de hospedagens em Peruíbe e região listadas no booking, faça sua pesquisa através do mapa abaixo:

Booking.com

7. Como chegar?

Peruíbe está à seguinte distância de algumas cidades importantes:

São Paulo – 138 km

Santos – 84 km

Rio de Janeiro – 569 km

Para ir da capital paulista até essa jóia do litoral, existem dois caminhos: um é a descida pela Imigrantes seguido de trajeto considerável pela BR-101, rodovia que cruza todo o país. Outro é ir pela Régis Bittencourt em direção ao Paraná e sair em direção a Peruíbe também pela BR-101.

Mas tal maravilha não pode ser conhecida apenas pelos paulistas! Portanto, se você decidir viajar de avião até Peruíbe, os melhores destinos são os aeroportos de Guarulhos e Congonhas.

Uma longa viagem de carro também pode ser aprazível. Para chegar a Peruíbe, é só seguir a eterna BR-101!

8. Conclusão

Peruíbe é um microcosmo do litoral paulista! Algumas praias movimentadas, outras desertas e lindíssimas. Centro da cidade urbanizado e decorado. Parque de diversões. Bela gastronomia. Diversão a qualquer hora do dia!

Não existe porque não dar uma chance a essa linda cidade, tão completa! Ela não deve nada a nenhuma outra localidade de São Paulo.

Esperamos que agora você esteja pronto para Peruíbe!

Deixe seu comentário! Dê sugestões e críticas! Nada é tão importante para nós como a sua opinião sobre o artigo.

▶ Vai viajar? Então reserve aqui!

Você sabia que ao fazer uma reserva com um link aqui no nosso blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda a Naturam a produzir mais artigos de qualidade! Agradecemos imensamente a ajuda!

Deixe um comentário