Nossos Guias Turísticos Caraguatatuba - Guia Completo

Caraguatatuba – Guia Completo

Quem busca diversão, relaxamento e descanso num ambiente com estrutura vai adorar conhecer Caraguatatuba!

Caraguá, como é carinhosamente chamada pelos habitantes e visitantes habituais, é uma cidade turística localizada no Litoral Norte do estado de São Paulo, a apenas 178 km da capital.

É vizinha de Ubatuba e possui um litoral de 40 km de belíssimas praias.

As praias de Caraguatatuba agradam a todos os gostos, possuindo praias mais selvagens, como a Brava, com boas ondas e surfistas, e também praias badaladas, como Martim de Sá, ponto de encontro tanto de dia quanto de noite, da turma jovem.

Um fator que chama atenção na cidade além das praias é sua excelente infraestrutura, que reúne shoppings, mercados e muitas lojas.

Além disso, Caraguatatuba também surpreende com sua natureza. A protegida Mata Atlântica abriga trilhas, piscinas naturais e uma infinidade de espécies de animais e plantas.

Aliás, se você é do tipo aventureiro, vai gostar de saber que é possível ter uma vista privilegiada de Caraguatatuba fazendo um passeio de voo livre no Morro de Santo Antônio, a 325 metros de altitude.

Enfim, neste pequeno resumo você já pode ter uma ideia do que encontrará por lá.

No entanto, ainda há muito o dizer para que você possa desbravar essa famosa cidade do litoral norte de SP!

Fizemos questão de deixar pra você, em um único lugar, todas as informações que você precisa sobre Caraguatatuba, como as Praias de Caraguatatuba, dicas de hotéis, pousadas, restaurantes, o que fazer e passeios como voo livre, praias desertas, passeios de barco e trilhas, além de um pouco da história da cidade.

Continue lendo, salve este guia nos favoritos e depois deixe para nós um comentário dizendo o que achou!

O que você encontra aqui:

Praias de Caraguatatuba

Não poderíamos começar este guia sem falar das Praias de Caraguatatuba, não é mesmo?

Como mencionamos, há todo o tipo de praia em Caraguatatuba, atraindo então públicos dos mais variados perfis: famílias, casais e jovens.

Antes de mais nada, vale indicar pra você nosso Guia de Praias de Caraguatatuba, onde falamos de TODAS as praias da cidade, organizadas em ordem geográfica (de norte à sul), com dicas de o que fazer, passeios e claro, muitas fotos!

Aqui nós falaremos sobre elas de uma forma mais abrangente, um bom ponto de partida para decidir quais praias visitar quando for pra Caraguatatuba.

Sendo assim, começaremos pelas praias do norte, que atraem muitas famílias por serem praias de mar calmo, quase sem ondas.

Foto Caraguatatuba Praia Tabatinga
Praia de Tabatinga

Estas praias são: a Praia da Tabatinga, a Praia da Mococa e a Praia da Cocanha.

É muito provável que já tenha ouvido falar delas, pois são praias muito famosas na cidade.

Por possuírem mar calmo, é comum ver as pessoas praticando stand up paddle e caiaque.

Além disso, as águas tranquilas também fazem com que famílias com crianças acabem por aproveitar a praia com mais segurança.

Dessas praias saem muitos passeios de barco para ilhas próximas, como a Ilha do Tamanduá e a Cocanha, falaremos mais sobre esses passeios mais para frente.

Todas têm boa estrutura, com quiosques pela orla e vagas para parar o carro e rede de hospedagem.

A Tabatinga é muito famosa e nela se encontra um condomínio de alto padrão muito conhecido. A Mococa se diferencia por ter areia monazítica e banho de rio, e a Cocanha, por outro lado, possui um visual absolutamente encantador.

Foto Caraguatatuba Praia de Massaguaçu - Naturam
Praia de Massaguaçu

Ao sul destas, temos a Praia de Massaguaçu. Muitos passam por ela quando estão indo de carro para as praias do norte.

É uma praia de ondas fortes, portanto não é recomendada para banho de mar nem para famílias.

No entanto, é uma praia excelente para banho de sol, e perfeita para quem quer relaxar, pois graças também à sua extensão, é uma praia pouco frequentada, dificilmente fica cheia e ainda possui quiosques ao longo da orla.

Outra vantagem é a estrutura comercial da praia, com lojas, restaurantes e muita opção de hospedagem, além de estar próxima de praias famosas como Cocanha e Martim de Sá e também do Centro de Caraguatatuba.

Sua vizinha, a Praia do Capricórnio, possui as mesmas características de Massaguaçu já que são contínuas, e sua maior diferença está no fato de que é abrigada por um condomínio e também por ser o local onde se encontra a Lagoa Azul.

Foto Caraguatatuba Praia Martim de Sá - Naturam
Praia Martim de Sá

Logo depois do Capricórnio, já na região central da cidade, temos a Praia Martim de Sá, uma praia badalada, com ondas fortes e muito frequentada pelo público jovem em busca de boas ondas para o surf e também de badalação.

É uma praia bastante urbana, com um lindo visual e boa estrutura, com vagas para parar o carro, quiosques, sorveterias e até mercadinhos.

Foto Caraguatatuba Praia do Centro - Naturam
Praia do Centro

Já as Praias do Centro e Camaroeiro não são praias procuradas para banho, mas possuem quiosques onde as pessoas aproveitam para tomar sol e curtir a vista comendo uma porção e tomando uma bebida gelada. Lá as maiores atrações são os parques de diversões, os shows e eventos sempre presentes e o grande número de bares e restaurantes.

Acredite se quiser, mas próximo do centro temos duas praias mais isoladas que vale a pena conhecer.

Foto Caraguatatuba Praia da Freira / Garcez
Praia da Freira / Garcez

A primeira é a Praia do Garcez, também conhecida como Praia da Freira, uma pequena praia com acesso por trilha, apenas um bar de praia e que possui uma vista privilegiada de Ilhabela e de parte de Caraguá.

A segunda é a Praia Brava, vizinha da Martim de Sá. Esta já é uma praia mais selvagem, com trilha mais difícil, ótima para os aventureiros que querem maior contato com a natureza. Porém como o próprio nome sugere, a praia tem ondas fortes, não sendo recomendada para banho.

Foto Caraguatatuba Praia Aruan
Praia Aruan

Conforme vamos indo para o sul as praias vão ganhando um visual um pouco diferente, com um mar mais calmo e raso, e areias acinzentadas e batidas. Dentre elas estão Indaiá e Aruan.

Se quiser conhecer mais praias e ainda conseguir mais informações sobre cada uma delas, não deixe de visitar nosso guia de Praias de Caraguatatuba.

O que fazer em Caraguatatuba

As praias de Caraguatatuba já são o atrativo principal para quem visita a cidade, disso já sabemos…

Porém, nada te impede de aproveitar para conhecer outros pontos turísticos na cidade, afinal, existem muitas opções de o que fazer em Caraguatatuba!

Lá você ainda pode fazer trilhas, conhecer outras praias, conhecer Ubatuba e aproveitar os famosos bares e restaurantes da cidade.

Sendo assim, confira aqui as dicas que separamos para você com todos os atrativos de Caraguatatuba:

1. Morro de Santo Antonio Caraguatatuba – Vista e Voo Livre

Foto Morro de Santo Antonio
Foto: Rogerio Cassimiro

Você sabia que é possível vislumbrar de uma incrível vista e/ou fazer um passeio de voo livre em Caraguatatuba?

Pois é!

Tudo isso é possível no Morro Santo Antônio, localizado bem próximo ao centro da cidade.

O Morro Santo Antônio é bastante conhecido por conta da plataforma de voo livre, muito procurada por quem salta de asa delta e parapente.

Foto Morro de Santo Antonio
Foto: Rogerio Cassimiro

Além disso, também oferece uma vista privilegiada de toda a enseada de Caraguatatuba, São Sebastião, e de boa parte de Ilhabela.

Mesmo que você não seja fã de grandes aventuras como saltar de asa delta, você ainda pode aproveitar o passeio junto à natureza e apreciar o magnífico visual proporcionado pelos 325 metros de altura do morro.

Os voos de asa delta e parapente são coordenados pela ACVL Associação Caraguatatuba de voo livre (email).

Empresas que fazem voo livre: Caragua Fly, Sobrevoar

Alguns dados do local:
  • Altitude e desnível – 325 metros
  • Quadrante – S/SE/E
  • WayPoint – S 23º 36’ 638” W 045º 24’ 247”
  • Decolagem – Rampa natural
  • Pouso – Na praia. Atravesse a cidade para chegar ao pouso
  • Melhor Época – O ano todo
Acesso:

No início da subida existe um Posto de Fiscalização que faz o monitoramento do acesso ao local.

Existe restrição à quantidade de carros, apenas 18 veículos podem subir por vez com permanência limitada a 15 minutos. Por estes motivos muitos visitantes preferem subir a pé, curtindo a natureza – mas esta caminhada deve ser feita sempre em grupos para maior segurança de todos.

Para quem desejar fazer esta caminhada ou ir de carro, o início se dá seguindo pela rodovia Rio-Santos sentido Ubatuba até o Fórum de Caraguatatuba.

O acesso ao Morro Santo Antônio é feito pela Estrada da Serraria no bairro Sumaré, estrada de terra com razoável manutenção, mas que pode trazer problemas em dias de chuva.

2. Lagoa Azul, Caraguatatuba

Foto da Lagoa Azul, Caraguatatuba
Lagoa Azul, Caraguatatuba

A Lagoa Azul é um dos pontos turísticos mais procurados em Caraguatatuba!

Tem água doce, sem correnteza, e é separada do mar por um grande banco de areia. Sua formação se dá na foz do Rio Jetuba.

Está localizada no canto sul da Praia do Capricórnio.

Um lugar muito bonito para aproveitar a natureza, tirar fotos e tomar um banho de água doce.

O acesso é feito pela entrada do bairro Capricórnio, às margens da Rodovia Rio-Santos, antes da entrada para a Praia de Massaguaçu e junto ao morro da Praia Brava.

Porém, recomendamos verificar a qualidade da água antes de entrar na Lagoa Azul. Caso esteja imprópria, é um passeio que ainda rende muitas fotos.

3. Fazenda de Mexilhões

Foto da Fazenda de Mexilhões em Caraguatatuba
Fazenda de Mexilhões

Um passeio diferente e ecológico em Caraguatatuba!

A Fazenda de Mexilhões em Caraguatatuba está localizada na Praia da Cocanha, e é considerada a maior do Estado de São Paulo, podendo chegar à uma produção de 160 toneladas/ano, se não houver nenhuma intercorrência.

É uma cultura ecologicamente correta, pois promove o repovoamento do ambiente marinho, protegendo o bioma da região. A cultura também impede que os mexilhões sejam retirados das paredes de costões, onde devem estar para um bom equilíbrio ecológico.

A maricultura é feita utilizando redes lançadas ao mar que ficam submersas e presas a boias. Nestas redes são colocadas as “sementes”, e depois de aproximadamente oito meses os mexilhões estarão no tamanho ideal para comercialização e consumo.

Os mexilhões são amplamente utilizados na culinária, em risotos, paejas, pratos de massas com frutos do mar e muitos outros.

Além da produção do mexilhão, a fazenda é uma fonte de biodiversidade, pois atrai outras espécies marinhas, como tartarugas, arraias, polvos e se der sorte, até boto e toda fauna incrustada como esponjas, corais, vieiras e microalgas, famosas no ramo de cosméticos.

O passeio

Foto da Fazenda de Mexilhões em Caraguatatuba
Fazenda de Mexilhões

A saída do passeio fica localizada na Amapec e dura em média, 1h30.

Os visitantes poderão conhecer o dia a dia do funcionamento da fazenda, desde o processo de reprodução do mexilhão, as práticas de cultivo, até o seu desenvolvimento para o tamanho comercial, além de toda técnica de limpeza, beneficiamento e preparação do produto para venda.

Os visitantes do passeio e apreciadores da culinária, além de conhecer toda a criação, poderão escolher seu produto direto da fonte e adquirir ao final do passeio na Associação.

Moradores e turistas interessados em conhecer o atrativo, podem procurar pela Associação na Avenida João Gonçalves Santana, 500 – Massaguaçu – Praia da Cocanha ou fazer o agendamento pelo telefone (12) 99767-2163.

Festival do Mexilhão

Caraguatatuba Festival de Mexilhão
Foto ilustrativa

Aliás, no final do outono é realizada o Festival do Mexilhão. Barracas com os mais diversos e saborosos pratos à base do molusco são preparados e comercializados pelos próprios maricultores.

Milhares de pessoas comparecem ao Festival todos os anos.

Além da culinária caiçara, há recreação infantil, artesanatos típicos da região e atrações musicais.

4. Trilhas no Parque Estadual da Serra do Mar

Foto Trilhas de Caraguatatuba
Foto: Rogerio Cassimiro

A região do litoral norte do Estado de São Paulo é privilegiada com belas paisagens. As encostas da Serra do Mar cobertas pela Mata Atlântica, a grande planície litorânea e o mar azul compõem a vista panorâmica no caminho para Caraguatatuba.

Grande parte da vegetação que forma esse cenário pertence ao Núcleo Caraguatatuba, do Parque Estadual da Serra do Mar.

Com 315 mil hectares, desde a divisa de São Paulo com o Rio de Janeiro, até o município de Itariri no sul do Estado, passando por toda a faixa litorânea, o Parque representa a maior porção contínua preservada de Mata Atlântica do Brasil.

O Núcleo Caraguatatuba integra a rede de Unidades de Conservação, administrada pela Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo e por lá é possível fazer três trilhas, a do Jequitibá, a do Poção e a do Mirante da Tropa.

Trilha do Jequitibá

Foto Trilhas de Caraguatatuba - Jequitibá
Foto: Rogerio Cassimiro
  • Público: indicada para toda a família, inclusive crianças e idosos
  • Extensão: 1km
  • Duração: de 1h a 3h
  • Nível de dificuldade: fácil
  • Saídas: às 9h e às 13h30
  • Limite máximo por período: 40 pessoas
  • Necessário agendamento prévio

Com pouco mais de 1 km, é fácil de ser percorrida.

Possui um percurso circular em meio à Floresta Ombrófila Densa, onde o visitante descobre belíssimas paisagens e as mais diversas espécies da flora e da fauna, onde o visitante vai encontrar muitas espécies de árvores como jequitibás centenários, observar pássaros e entender um pouco como todos os elementos da floresta são importantes para a sobrevivência do conjunto.

Foto Trilha do Jequitibá Caraguatatuba
Trilha do Jequitibá Caraguatatuba.

Depois de 15 minutos de caminhada, margeando o Ribeirão Santo Antônio, um mergulho nas águas claras de uma piscina natural é irresistível.

Trilha do Poção

Foto Trilhas de Caraguatatuba - Poção
Foto: Rogerio Cassimiro
  • Público: grupos escolares e demais visitantes
  • Extensão: 3,5 km
  • Duração: 4h
  • Nível de dificuldade: médio
  • Saídas: às 8h30 e às 13h
  • Limite máximo por período: 20 pessoas
  • Necessário agendamento prévio.

Cruzar rios e corredeiras é apenas uma parte da aventura proporcionada a quem percorre a Trilha do Poção, além de desfrutar a paisagem ou banhar-se na Cachoeira Pedra Redonda no final do percurso.

Foto da Cachoeira Pedra Redonda
Trilha do Poção: Cachoeira Pedra Redonda. Foto: Miguel Nema

A trilha leva o visitante ao interior da floresta, mata mais fechada onde é grande a diversidade de palmitos. O palmito é um dos símbolos mais ameaçados da Mata Atlântica, fundamental no equilíbrio da floresta.

O trajeto é percorrido somente com apoio de monitores. Cutias, esquilos, tamanduás, tucanos, saíras e surucuás estão entre as espécies de animais que podem ser avistados. Sobre a flora, destacam-se árvores como jequitibás, figueiras-brancas e canelas.

Após a travessia de riachos em contato direto com a água, o visitante cruzará o Rio Santo Antônio por uma ponte suspensa em cabos de aço.

Trilha do Mirante da Tropa

Foto Trilha do Mirante da Tropa Caraguatatuba
Mirante da Tropa Caraguatatuba. Foto: Miguel Nema
  • Público: grupos escolares e demais visitantes
  • Extensão: 1 km
  • Duração: 2h
  • Nível de dificuldade: médio
  • Saídas: às 9h e às 13h30
  • Limite máximo por período: 30 pessoas
  • Somente com agendamento prévio.

Tem início na Base Graví – em Natividade da Serra – e termina na Sede do Núcleo Caraguatatuba.

O caminho foi muito utilizado pelas tropas de muares durante os ciclos do café, açúcar e do ouro e também como rota clandestina para tráfico escravos.

O percurso também abriga belas cachoeiras e rios cristalinos, propícios para banhos refrescantes, além de espaços para piquenique, lazer e observação de grande diversidade de aves.

Agendamentos

foto Trilhas de Caraguatatuba
Foto: Rogerio Cassimiro

Agende sua trilha, nunca faça um percurso sozinho, você pode não ter como pedir ajuda. Lembre-se: todas as trilhas são monitoradas (Monitores Ambientais).

Clique aqui para fazer o agendamento.

Valor do ingresso: R$14,00 (Portaria Normativa FF nº 191/2013) *os valores podem sofrer alterações.
– Meia entrada para estudantes legalmente identificados
– Isenção para menores de 12 anos desde que acompanhados de pessoa maior de idade; maiores de 60 anos; moradores do entorno devidamente cadastrados no parque (RG,CPF e Comprovante de Residência); pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; escolas públicas

Mais informações

  • Como chegar: Pegar Rod. Nova Dutra (BR 116) até São José dos Campos. De lá, siga pela Rod. Dos Tamoios (SP 99), sentido Caraguatatuba. No Km 80, vire a esquerda para entrar no núcleo e siga por mais 700 m até a Secretaria do Meio Ambiente.
  • Onde ficar: A sede do Núcleo Caraguatatuba possui uma hospedaria simples, mas confortável e pode grupos de até 10 pessoas.
  • Funcionamento: Trilhas abertas de terça à domingo.
  • Uso obrigatório de tênis ou bota para caminhada
  • Leve alimentos práticos, leves e saudáveis

5. Ilhas de Caraguatatuba – Passeio de Barco e Mergulho!

Foto Passeio de barco em Caraguatatuba

O que acha de fazer um passeio de barco e ainda poder fazer um mergulho livre em praias afastadas, localizadas em ilhas?

Mapa Ilhas de Caraguatatuba
Mapa Ilhas de Caraguatatuba

Este passeio é possível em duas das ilhas de Caraguatatuba, localizadas bem próximas da costa: a Ilha do Tamanduá e a Ilha da Cocanha.

Ilha do Tamanduá

Foto Ilha do Tamanduá
Ilha do Tamanduá

A Ilha do Tamanduá é muito procurada por suas belezas naturais, tanto por praticantes do mergulho livre quanto pelos de pesca esportiva.

Possui diversos parcéis e rochas submersas, que possuem grande variedade de fauna e flora marinhas.

É a maior Ilha de Caraguatatuba!

Durante a temporada são realizados passeios de escuna e barco saindo principalmente das praias de Tabatinga, Mococa, Cocanha, Massaguaçu e Martim de Sá.

Como não existe nenhum tipo de infraestrutura no local, é importante o turista estar preparado para eventualidades, levando água, lanches leves, e repelente de insetos.

É importante também levar sacos plásticos para carregar de volta todo lixo produzido durante o passeio, preservar a natureza é obrigação de todos.

O custo do passeio pode variar de acordo com a época, mas custa em média R$ 25 para duas pessoas para ficar 30 minutos, saindo da Praia da Mococa, o ponto mais próximo da ilha.

Ilha da Cocanha

Ilha da Cocanha Caraguatatuba - Naturam
Ilha da Cocanha

Localizada em frente à Praia da Cocanha, esta pequena ilha é um pedaço da Mata Atlântica no oceano.

Possui uma rica fauna marinha, sendo portanto muito procurada para o mergulho livre.

Ela pode ser acessada por barcos que ficam na Cocanha e fazem a travessia para o local.

Aliás, é tão próxima da praia que na realidade os passeios que saem da Cocanha são feitos de caiaque.

Na Ilha da Cocanha você encontra uma pequena praia, e é possível também fazer uma caminhada e visitar o antigo casarão que existe ali.

Por conta de sua cobertura de floresta nativa, a ilha recebe a visita de pássaros típicos da região, como bem-te-vi, gaviões, tié sangue, sendo excelente ponto para observação dessas aves.

6. Surf em Caraguatatuba

Caraguatatuba Surf

Apesar de não ser uma cidade famosa pela prática de surf, o esporte ainda tem boa presença na cidade, possuindo inclusive uma associação local, a ASC.

Portanto se você é do tipo que não perde a oportunidade de pegar uma onda quando pode, saiba que em Caraguá isso é possível. 

Agora a pergunta que não quer calar é: quais são as melhores praias para surf em Caraguatatuba?

No geral, são três as praias mais usadas na prática deste esporte:

  • Praia Brava: É a mais procurada pelos surfistas, praia de tombo e fortes correntezas em toda sua extensão, porém o acesso é apenas por trilha.
  • Praia de Massaguaçu: A Rio Santos fica às margens desta praia de grande extensão e de características de tombo, que por vezes é frequentada pelos surfistas.
  • Martim de Sá: É uma das mais frequentadas da cidade, com público de todos os perfis, e entre as atividades esportivas praticadas está o surf graças às suas ondas fortes.

7. Pesca em Caraguatatuba

Foto Caraguatatuba Pesca em Massaguaçu

Em Caraguatatuba encontra-se uma das melhores praias para pesca de arremesso do litoral paulista: a Praia de Massaguaçu, uma praia de tombo que tem na sua margem a Rodovia Rio Santos.

Está situada a apenas 8 km do centro de Caraguatatuba, indo pela rodovia no sentido de Ubatuba.

Como mencionamos anteriormente, Massaguaçu é uma praia de excelente estrutura por se tratar praticamente de uma praia urbana. Hotéis, pousadas, chalés, casas e suítes para temporada, supermercados e comércio em geral, postos de gasolina, estrutura completa!

Mas um de seus principais apelos é a oportunidade de praticar pesca de arremesso na praia.

Aliás, por ser iluminada em toda sua extensão, também é possível fazer por lá pesca noturna!

A pesca de arremesso se pratica muito no meio da praia, onde inclusive são feitos vários torneios de pesca.

No entanto, você também pode praticar a pesca de costão, que pode ser feita nas pedras, local aliás onde podemos encontrar iscas naturais como baratinhas, mexilhões e saquaritás. Garoupas são pescadas com frequência desta maneira.

Na própria praia podemos encontrar iscas vivas como pequenos peixes, moluscos e crustáceos como sarnambis, tatuíras e marias-farinha.

Na região central da praia existe um quiosque que comercializa camarões e corruptos.

Já na Praia do Camaroeiro (centro) pode-se adquirir camarão sete-barbas fresco diretamente com os pescadores.

8. Conhecer as Praias do Sul de Ubatuba

Praia da Figueira Ubatuba

Seguindo ao norte em direção ao Rio de Janeiro, está a famosa cidade de Ubatuba, e bem pertinho de Tabatinga existem diversas praias de Ubatuba com acesso apenas por barco ou trilha.

Portanto, se você é do tipo aventureiro, com certeza vai se interessar por esse passeio.

A primeira praia deserta de Ubatuba é a Galhetas, logo depois da Tabatinga, e termina na Praia Saco das Bananas.

  • Praia das Galhetas: praia de águas calmas, esverdeadas, possui algumas pedras. É bem próxima da Tabatinga, através da Estrada das Galhetas (de terra). No fim da estrada pare o carro e percorra um caminho de cerca de 300 metros.
  • Praia da Figueira: Outra opção muito próxima da Tabatinga, logo após Galhetas. Praia de areia branca e fofa, um mar calmo, e acesso a partir de rua de terra via bairro da Tabatinga, (Rua João Manoel de Oliveira). Lá existe um estacionamento pago, e a praia não possui infraestrutura.
  • Praia da Ponta Aguda: Depois da Figueira, temos a preservada Praia da Ponta Aguda, está já com mais infraestrutura, como quiosque (mas que pode se encontrar fechado durante semana). O acesso também é pela Rua João Manoel de Oliveira, estradinha de terra, não tão simples de trafegar. Pouco frequentada a maior parte do ano.
  • Praia Mansa: A Praia Mansa tem acesso por trilha a partir da Ponta Aguda ou barco. A trilha é íngreme e leva cerca de 20 minutos para percorrer o trecho. É uma praia deserta, com areias brancas, mar calmo, bem preservada, e com belo visual de Ilhabela.
  • Praia da Lagoa: Você pode chegar na Praia da Lagoa de barco ou trilha, e como o nome sugere, abriga uma linda lagoa que dá um visual único à praia. Tem areia fofa e um mar de tombo.
  • Praia do Simão (ou Brava do Frade): A Praia do Simão, também é conhecida como Praia Brava do Frade e está localizada dentro da Trilha do Saco das Bananas, esta que também é conhecida como Trilha das 10 Praias Desertas. A Praia é linda e extensa, de tombo, com areias claras e mar aberto, propícia para prática do surf, muito cuidado! O acesso por trilha possui níveis médio e difícil sendo recomendado o uso de Guia Credenciado.
  • Praia Saco das Bananas: A Praia do Saco das Bananas tem uma beleza única, possui por volta de 60 metros, areias amareladas, águas cristalinas, com algumas enormes pedras granito, e vista da Praia do Simão. O acesso terrestre mais próximo é por trilha, saindo do canto direito da pela Praia da Caçandoquinha, sendo recomendado o uso de Guia Credenciado.

Um pouco mais ao norte, passando essas praias desertas, chegamos nas praias com acesso mais facilitado, onde é possível parar o carro.

Ou seja, são praias um pouco mais distantes para quem está em Caraguatatuba, mas ainda é uma bela oportunidade de conhecer praias diferentes do litoral norte de São Paulo.

Praia do Pulso Ubatuba

A Praia da Maranduba é a mais movimentada e com mais infraestrutura. Por toda a sua orla você encontra quiosques e vagas para estacionar o carro. É caracterizada por seu mar de águas calmas e o enorme toboágua que fica no mar.

Voltando um pouco ao sul, temos a Praia do Pulso. Para acessá-la é necessário percorrer uma estrada secundária de terra. O acesso mais dificultado faz com que esta seja uma praia mais vazia. Possui um mar calmo e nenhuma infraestrutura turística, cercada apenas por um condomínio de casas.

Depois, no lado direito do Pulso, temos a Praia da Caçandoca, mas esta já possui alguns quiosques. Possui mar tranquilo e o acesso pela mesma estrada que dá no Pulso.

Outra atração que encontramos próximo à essas praias é o famoso Castelo dos Arautos, pela estrada que leva à Praia do Pulso e Caçandoca.

Castelo dos Arautos Ubatuba

Este incrível atrativo está situado a apenas 9km de distância da Praia de Tabatinga (cerca de 20 minutos de carro sem trânsito).

O Castelo dos Arautos é uma linda construção em estilo gótico situada numa elevação junto ao mar, que proporciona uma vista extraordinária.

Aberto apenas aos domingos na parte da manhã, nos horários das missas, feitas em canto gregoriano.

Restaurantes

Caraguatatuba é uma cidade já bem desenvolvida e com vasta área urbana, fazendo com que a cidade abrigue uma enorme quantidade de estabelecimentos voltados para comida e bebida.

Portanto, não faltarão opções de restaurantes em Caraguatatuba para você escolher!

São restaurantes e lanchonetes que agradam a todos os gostos: frutos do mar, comida caiçara, culinárias internacionais, bistrôs, lanchonetes até restaurantes com pratos triviais.

O Restaurante Ostra e Ouriço é um dos mais bem avaliados no TripAdvisor.

É um estabelecimento tradicional com jeito de quiosque e especializado em frutos do mar, mas com ótimas opções de carnes e massas e pratos bastante fartos. Localizado próximo do centro, na Rua Prudêncio Baeta, 21.

Outra opção, também entre os mais bem avaliados, está o Mar & Terra Restaurante.

Especializado em frutos do mar e culinária brasileira, o restaurante serve pratos bastante generosos. Está localizado na orla de Massaguaçu, na Rua Maria de Lurdes Silva Kfouri, 897. 

O Tapera Branca Restaurante é uma opção de quilo com preços mais moderados, e que serve uma grande variedade de comida, tais como churrascos, grelhados e comida em fogão a lenha. Está próximo da Igreja Matriz de Caraguatatuba, no centro, na Praça Cândido Mota, 34.

Já o Bar do Hélio é um bar bastante tradicional na cidade, com comida caseira e opções de culinária tanto brasileira quanto alemã. Os pratos são bem servidos e o ambiente é bastante simples e familiar. Fica no centro, na Avenida Presidente Castelo Branco, 207.

Tem mais alguma recomendação? Escreve para nós nos comentários e ajude as pessoas a conhecerem outras opções de restaurantes em Caraguatatuba.

Hotéis e Pousadas

Uma cidade estruturada como essa não poderia deixar de ter uma excelente rede de hospedagem.

Em toda a sua extensão, você encontrará ótimas opções de hotéis e pousadas em Caraguatatuba, além de diversos outros estabelecimentos de hospedagens como chalés, apartamentos, casas para temporada, hostels e até mesmo campings.

Portanto, lá você encontra desde pousadinhas bem aconchegantes, em um ambiente mais rústico, até hotéis de luxo localizados a beira mar.

A vantagem de ficar no centro da cidade é estar próximo de onde acontecem os shows (Praça da Cultura), do comércio e de restaurantes e lanchonetes. Além disso, próxima do centro, está a concorrida Praia Martim de Sá, também com muita opção de hospedagem.

Indo em direção ao sul, na Praia do Indaiá e Aruan, você encontra um ambiente mais tranquilo, mas que aidna se beneficia da proximidade com o centro.

Mais ao sul temos uma região ótima para os que buscam mais tranquilidade e também para aqueles que pretendem dar uma esticada até São Sebastião e Ilhabela.

No entanto, vale lembrar que na Praia Porto Novo, a última praia de Caraguatatuba, há uma grande praça de eventos que na alta temporada costuma apresentar muitos shows de artistas famosos, sendo portanto, uma boa oportunidade de estadia para quem quer mais agito.

Ao norte de Caraguá estão as praias mais belas e nesse canto não faltam opções de hotéis e pousada onde você poderá se hospedar com muito conforto.

A primeira praia que se avista quando se está viajando pela rodovia é a Massaguaçu, que atrai por sua estrutura comercial e por estar próxima tanto do centro quanto de outras lindas praias do norte.

Depois temos Cocanha, Mococa e Tabatinga, praias bastante familiares, com alguns restaurantes, e que atraem por seus passeios, mar calmo e visual, e também por estarem próximas de Ubatuba.

Já decidiu onde quer se hospedar?

Então conheça nossa lista de hotéis e pousadas em Caraguatatuba, uma lista de hospedagens recomendadas por nós, com ótimo atendimento, e faça contato direto, garantindo mais segurança e o melhor preço!

Se preferir, cliquei aqui para ver uma lista de pousadas do booking ou faça sua pesquisa através do buscador abaixo:

Booking.com

Como chegar em Caraguatatuba

Saiba como chegar em Caraguatatuba – Rotas, principais vias de acesso, condições das estradas, localização da cidade no mapa.

São várias opções para se chegar em Caraguatatuba:

Tamoios: O principal acesso a Caraguá é feito pela Rodovia dos Tamoios, SP-99, através de São José dos Campos, o percurso tem 84 km.

Osvaldo Cruz: Também pode se chegar à cidade pela Rodovia Osvaldo Cruz, SP-125, que liga Taubaté a Ubatuba. Outra opção é a Rodovia Mogi-Bertioga, SP-98, através de São Sebastião.

Anchieta/Imigrantes: O acesso pode ser feito também pelo complexo Anchieta/Imigrantes, SP-150, por Santos, Bertioga e São Sebastião.

Rio-Santos: A Rodovia Rio-Santos, SP-55, é o principal acesso para quem chega do Litoral Sul de São Paulo. A rodovia também é o principal caminho para quem pretende chegar a Caraguá vindo do Litoral Sul do Rio de Janeiro.

Condições das Estradas

Consulte qual a condição da estrada antes de ir:

  • DERSA: Informações das estradas e em tempo real. Clique aqui
  • Nova DUTRA: Veja pedágios, tarifas e as condições da rodovia Presidente Dutra. Clique aqui
  • SOCICAM: Consulte Terminais Rodoviários: telefones e horários. Clique aqui

Um pouco de história

Normalmente quando viajamos, acabamos negligenciando um pouco o passado histórico destes destinos.

Não fazemos por mal, mas uma coisa é certa: conhecer o passado e a história de Caraguatatuba com certeza fará com que você a perceba com outros olhos, não mais com os de turistas, mas os de pessoas que entendem e respeitam a cidade, sabendo o que ela foi e o que ela se tornou.

Com esse objetivo colocamos aqui pra você um pouco da história de Caraguatatuba, incluindo até fatos curiosos, como a origem de seu nome:

Origem do nome de Caraguatatuba

Caraguatatuba: caraguatá, gravatá, carauatá, cruatá, coroá, croatá, croá, planta bromeliácea, uma das mais características da flora brasileira. Das 1600 espécies conhecidas, cerca de 1000 são nativas do Brasil.

É de aceitar-se com maior convicção o dizer de João Mendes de Almeida, no Dicionário Geográfico da Província de São Paulo, que a palavra é corruptela de Curaá Guatatybo, que significa “enseada com altos e baixos”, em razão de ter esta enseada parcéis e cômoros de areia em vários lugares.

Fundação de Caraguatatuba

A fundação de Caraguatatuba tem suas origens nos anos de 1653/1654, quando João Blau, capitão-governador da Capitania de Nossa Senhora de Itanhaém (1653-1656) da qual era donatário a Condessa de Vimieiro, fundou a Vila de Santo Antônio de Caraguatatuba.

Não conhecendo de sua longa existência, por volta de 1770, o governador da Capitania de São Paulo, determinou ao comandante do destacamento da Vila de São Sebastião que fizesse erigir uma povoação na paragem chamada Caraguatatuba, juntando para ela todos os moradores que puder, delineando o lugar para a Casa de Câmara, cadeias e mais edifícios públicos, visto que já existia a Igreja para a invocação a Santo Antônio.

Em 1806, graças a uma correição pelas Vilas Marinhas e a dar-se crédito ao administrador da Capela, a Vila de Santo Antônio de Caraguatatuba ficou conhecida como “Vila que Desertou”, mudando-se seus moradores para outros lugares.

Após a correição, a Vila não só ressurgiu como progrediu tornando-se freguesia pela Lei nº 336, de 16 de março de 1847, elevando a categoria de município com a promulgação da Lei nº 581, de 20 de abril de 1857.

O município foi instalado em 23 de novembro de 1857.

Em 30 de novembro de 1947, através da Lei nº 38, Caraguatatuba foi elevada à categoria de Estância Balneária.

A Comarca foi criada em 1959 pela Lei nº 5.282, e instalada em 23 de setembro de 1965.

Fazenda dos Ingleses

Abrigando famílias de estrangeiros instaladas em casas de alvenaria, dentro de uma área inicial de 4.020 alqueires, a Fazenda de São Sebastião era conhecida por Fazenda dos Ingleses. Em 1927, a Fazenda dos Ingleses provocou mudanças no quadro geral da situação de Caraguatatuba.

Sob certos aspectos essas mudanças foram por ela mesmo administradas, sob outros, foram por elas provocadas:

  • Aumento significativo da população do município
  • Especialização da mão de obra na agricultura
  • Aumento representativo da atividade artesanal comercial
  • Incremento do comércio dentro e fora da região
  • Expansão dos meios de comunicação rapidamente
  • Respeitável aumento da Receita Pública Municipal, Estadual e Federal
  • Para seu divertimento, os ingleses fizeram construir quadras de tênis, campos de golf e pólo. Também jogavam cricket. No campo de futebol chegaram a disputar campeonatos com 30 times. Jogavam ping-pong e assistiam documentários no cinema da fazenda.

A Fazenda dos Ingleses foi o principal fator de desenvolvimento da cidade até a chegada dos turistas. Era uma das três maiores do gênero na América do Sul.

Uma via férrea interna, que chegou a ter 120 quilômetros de extensão, transportava as frutas para o porto, no Rio Juqueriquerê, onde havia um cais de 100 metros. Dalí elas seguiam para os navios atracados no canal de São Sebastião que as levavam até Londres.

Por volta de 1946, no final da II Guerra Mundial, a fazenda retomou a produção de cítricos, voltando ao mercado inglês e sobreviveu mais 20 anos dessa cultura, apesar da decadência paulatina.

Com a catástrofe de 1967, metade da fazenda ficou debaixo da lama. A retomada das atividades só ocorreu na década de 90, quando a Pecuária Serramar instalou um projeto pecuário de alta tecnologia no mesmo local.

Tromba D´água

Caraguatatuba ficou mundialmente conhecida pela dramática catástrofe ocorrida em 18 de março de 1967, quando uma tempestade de poucas horas provocou centenas de deslizamentos nas vertentes escarpadas da Serra do Mar.

A serra avançou sobre Caraguatatuba despejando milhares de toneladas de lama e vegetação. Mais de duas décadas após a maior tragédia já ocorrida no Litoral Norte Paulista, Caraguatatuba recuperou-se e cresceu. A dor deu lugar ao esforço de reconstrução, os turistas retornaram, a vida voltou ao seu curso normal.

A cidade é hoje o centro mais populoso e importante comercialmente em todo Litoral Norte.

Apesar dos desentendimentos entre os políticos, o povo de Caraguatatuba realizou um esforço de reconstrução e marketing turístico. Um bom exemplo é o texto publicado pelo jornal Folha de São Paulo em 2 de fevereiro de 1968: “Caraguatatuba volta a sorrir”.

A cidade já esqueceu a catástrofe do ano passado e experimenta nesta temporada, um movimento desusado de turistas, superando até mesmo as expectativas dos mais otimistas hoteleiros e comerciantes”.

Conclusão

Esperamos que tenha gostado e que tenha tirado suas dúvidas em relação à essa linda cidade do litoral norte de SP.

Caraguatatuba é um lugar para quem quer ter acesso a praias bonitas, mas sem perder o conforto que a infraestrutura proporciona.

Escreva nos comentários o que achou de Caraguatatuba. Conta pra gente se já visitou alguma dessas praias ou então se esquecemos de comentar sobre alguma coisa…

Sua opinião é muito importante para nós. Com ela podemos continuar criando guias cada vez melhores.

Aproveite também para compartilhar este guia com pessoas que também amam ou desejam conhecer Caraguatatuba.

Ter a oportunidade de conhecer Caraguá é bom demais!!! Não deixe de visitar.

Outros destinos recomendados

Bem pertinho de Caragatatuba, fica Ubatuba, uma cidade com mais de 100 praias de todos os tipos, com muitas opções de o que fazer, atrativos, ilhas, e modéstia à parte, nós temos o melhor guia da cidade, com uma quantidade enorme de informações, fotos e vídeos, não deixe de conferir.

Falando ainda do Litoral Norte de São Paulo, você também pode querer saber sobre São Sebastião, com praias famosas como Maresias, Camburi, Juquehy, Barra do Sahy e Barra do Una.

Outra cidade que você pode visitar é a maravilhosa Ilhabela, que fica quase em frente de Caraguatatuba (de onde encontramos vários pontos com vista para a ilha).

Não perca também nossa excusiva lista com as Mellhores Praias do Litoral Norte de SP!

Passando São Sebastião chegamos no Litoral Sul, especificamente, em Bertioga, onde está localizada a famosa Riviera de São Lourenço, e achamos que vale a pena mencionar aqui estes destinos para que você possa dar uma olhada em nossos guias!

E é isso aí!

Trabalhamos todos os dias para trazer pra você um conteúdo rico e de qualidade!

Veja abaixo as perguntas e dúvidas mais frequentes feitas por quem quer conhecer Caraguatatuba. Caso você tenha novas perguntas sobre Caraguá, pode deixar nos comentários no final da página, você inclusive estará ajudando outros turistas!

Onde fica Caraguatatuba?

Caraguatatuba está inserida na região conhecida como Litoral Norte de São Paulo. veja também Como chegar em Caraguatatuba.

Quais as melhores praias de Caraguatatuba?

Caraguá tem lindas praias. Você poderá conhecer todas aqui: Praias de Caraguatatuba

As Pousadas de Caraguatatuba são boas?

Não só as pousadas, como os hotéis, chalés e outras hospedagens são ótimos – você encontra opções para todos os gostos e bolsos aqui: Pousadas em Caraguatatuba

O que fazer em Caraguatatuba?

Caraguatatuba, além de lindas praias, tem excelentes e variadas opções de lazer para casais, famílias e grupos! Veja as melhores opções neste link: O que fazer em Caraguatatuba

Onde comer em caraguatatuba

Mantendo a tradição das praias do Litoral Norte, Caraguá faz bonito na Gastronomia. Veja os melhores restaurantes de Caraguatatuba.

A Praia da Tabatinga fica em Caraguá ou Ubatuba?

A Praia da Tabatinga fica em Caraguatatuba, na divisa com Ubatuba. Muitas pessoas que ficam nas Pousadas em Tabatinga adoram fazer passeios pelas belas e isoladas praias do sul de Ubatuba!

Inscreva-se para receber novidades!

A Naturam te dá dicas de destinos incríveis espalhados pelo Brasil e pelo mundo. Seja o primeiro a receber nossas dicas, promoções e cupons de descontos em pousadas e outros serviços!

O que achou? Deixe sua opinião!

Please enter your comment!
Please enter your name here