A primeira base do Projeto Tamar em Ubatuba foi instalada em 1991, numa casa alugada, onde os pesquisadores utilizavam como alojamento, escritório e espaço para guardar materiais de trabalho.

Havia uma pequena piscina de lona, onde se mantinham filhotes de tartarugas marinhas, e algumas pessoas visitavam o local por curiosidade, para ver as tartarugas.

Em 1995, o endereço da base mudou, para outro espaço alugado, de frente para a praia do Itaguá.

O novo endereço continuava servindo de alojamento e escritório para os pesquisadores, e por estar numa região de maior fluxo de pessoas, as visitas para observar as tartarugas nas caixas-d’água aumentavam.

Em 1996, a Prefeitura Municipal de Ubatuba cedeu o terreno para a construção da nova base do Tamar, onde até hoje funciona o Centro de Visitantes e toda estrutura de trabalho da equipe. Naquela época, as instalações do espaço de visitação começaram pequenas, com apenas 3 piscinas de fibra e 7 tartarugas marinhas.

Atualmente, o Centro de Visitantes do Tamar em Ubatuba constitui-se um dos principais atrativos da cidade, recebendo cerca de 100 mil visitantes a cada ano, principalmente na temporada de verão, finais de semana e férias escolares.

A visita ao Projeto Tamar

Os turistas e moradores locais aprendem sobre a biologia, ecologia e conservação das tartarugas marinhas, conhecem a história, os programas e as ações desenvolvidas pelo Projeto Tamar, além de serem sensibilizadas para o cuidado e respeito com o ambiente marinho.

Em uma área de 2.100m², num complexo de tanques com mais de 200 mil litros de água do mar, são expostas várias tartarugas marinhas de quatro espécies, desde pequenos filhotes até animais de mais de 120 quilos.

Atrações

  • Aquários: O destaque é o aquário com praia artificial e visor panorâmico, onde o visitante pode observar as tartarugas submersas.
  • Tanques: São cinco tanques de observação de tartarugas marinhas e mais cinco terráreos com tartarugas terrestres e de água doce.
    O tanque maior possui uma praia artificial, onde o visitante pode observar as tartarugas na areia ou submersas através de visores panorâmicos.
  • Réplicas e silhuetas: Há replicas, silhuetas de tartarugas marinhas em tamanho real, e a maquete de um ninho mostrando o nascimento de filhotes de tartaruga marinha.
  • Museu: Um museu com peças biológicas reúne cascos, ossos e esqueletos; espaços temáticos e painéis educativos foto-explicativos.
  • Lazer e compras: A loja para venda de produtos do TAMAR inclui ainda em seu mix o artesanato das costureiras da Picinguaba e Camburi, o material da oficina de papel reciclado e dos grupos de inclusão social fomentados pela base. Há também lanchonete, sala para recreação infantil e playground.
  • Visitas orientadas: O circuito de visitação é acompanhado por monitores capacitados, todos universitários de cursos ligados ao meio ambiente. Toda a estrutura do Museu do TAMAR é utilizada para mostrar o trabalho de conservação e a biologia das tartarugas marinhas. Os monitores explicam tudo e tiram dúvidas, enquanto circulam pelo espaço.
  • Alimentação dos animais: Entre 16h00 e 17h00, é possível acompanhar, diariamente, a alimentação dos animais nos aquários e tanques. Ao mesmo tempo, os visitantes recebem informações sobre os hábitos alimentares, biologia e fisiologia dos animais.
  • Imagens ao vivo do Centro de Reabilitação: Câmeras instaladas em uma área de acesso restrito, permitem o visitante acompanhar, em tempo real, imagens dos procedimentos e tratamentos que as tartarugas debilitadas recebem no Centro de Reabilitação.
  • Espaços temáticos: Nos espaços temáticos sobre a pesca e o lixo no mar, maquetes, painéis, atividades interativas, vídeo e até uma embarcação de pesca de verdade transmitem informações sobre as principais ameaças às tartarugas marinhas nos dias de hoje.
  • Outras salas: Há ainda 4 recintos com diversas espécies de tartarugas terrestres e de água doce.

 

Maiores informações

  • Tel.: (12) 3832-6202 | 3832-7014
  • Endereço: Rua Antonio Athanásio, 273 – Itaguá – Ubatuba – SP
  • E-mail: tamaruba@tamar.org.br
  • Ingresso: (os valores podem sofrer alteração)
    – Inteira: R$ 18,00
    – Meia (estudantes com carteirinha, menores de 12 anos): R$ 9,00
    – Gratuito: maiores de 60 anos

 

Horário de funcionamento

  • Durante férias escolares (Dezembro a fevereiro e julho): todos os dias das 10 às 20 horas.
  • Durante o período letivo
    Domingo, 2ª, 3ª e 5ª feiras das 10h00 às 18h00
    Feriados, 6ª feira e sábado, das 10h00 às 20h00
    4ª feira fechado para manutenção

 

Visite também:

Site Oficial Projeto Tamar Brasil: www.tamar.org.br

COMPARTILHE

Deixe sua opinião