Pesca em Alto Mar em Ubatuba

“…O Inverno marca a presença de uma grande diversidade de peixes, alguns em maior quantidade nesta época do ano, como é o caso das Sororocas (Scomberomorus brasiliensis) e das Enchovas (Pomatomus Saltator). Estas últimas, extremamente vorazes e poderosas nadadoras, alimentam-se de crustáceos e várias espécies de peixes menores ou mesmo maiores do que elas, comprovando sua verdadeira insaciabilidade ao continuar matando mesmo após ter se saciado. O mar estava um pouco agitado, e encontramos uma grande variedade de peixes: Sororocas, Enchovas, Peixes-Galo, Xereletes, Badejos, Sargos e uma bela Garoupa que não encontrou dificuldade alguma em retornar ao mar…”

 Alexandre Begosso

Equipamento

Varas de 6.6” a 7.0” ação Média Leve, 10 a 25 lbs. Carretilha ou molinete, linha de 20 a 30 lbs multifilamento ou monofilamento. Líder de flúorcarbono de 30 lbs (no caso das Sororocas, recomenda-se o uso de uma alça de aço ou arame bem fino devido a sua dentição).

 

Técnicas de pesca

No caso das Sororocas, obtêm-se melhores resultados na pescaria de corrico, com iscas pequenas de meia água com barbela longa ou curta, pequenos Jigs de peninha, pequenos Jumping-Jigs e Go-tchas. Para as Enchovas: Plugs de meia-água e de superfície de 11 à 15 cm, arremessando as iscas o mais próximo possível de Lajes, Costões de Ilhas e Parcéis, trabalhando as mesmas com toques rápidos e variados.

 

Tudo sobre pesca em Ubatuba:

naturam.com.br/ubatuba/servicos-e-guias-de-pesca/

COMPARTILHE

Deixe sua opinião