Festa de São Benedito e Congada de Ilhabela

0

De acentuada aculturação africana bantú, a Congada de Ilhabela é realizada em maio, na Festa de São Benedito. Não tem data fixa, pois depende do claro (lua cheia) para que os pescadores participem dela.

A congada começa na 6ª feira com levantamento dos mastros em frente à Igreja Matriz e é dançada no sábado e domingo, o dia inteiro, pelas ruas do Centro da Cidade, na Vila.

Divide-se em três partes ou “bailes” e o texto foi transmitido, oralmente, de pai para filho. É uma luta entre mouros (vermelho) e cristão (azul) ou entre pai (Rei) e o filho (Embaixador).

Os principais figurantes dessa manifestação de teatro folclórico são: O Rei, figura central; a Rainha, renovada todos os anos e que tenha idade de 12 a 14 anos; Fidalgos do Rei ou Congos de cima com roupa azul compreendendo o Príncipe, Secretário, Cacique e os Congos do Embaixador ou Congos de Baixo, vestidos na roupa rosa com seu Embaixador (chapéu vermelho), Cacique e Dois Guias.

Congada de IlhabelaDurante a festa funciona a “Ucharia”, lugar onde comem os congos e seus convidados. No quintal são montados os fogões “tacuruba” sobre três pedras. Todos os que aí trabalham, o fazem por promessa a São Benedito.

Os três instrumentos usados na congada são originados do artesanato folclórico: a marimba e os dois atabaques ou tambores, como dizem os caiçaras. A marimba, de seis teclas de madeira é encontrada, atualmente, só em Ilhabela. Os atabaques feitos de tronco, numa só peça são usados um na função de surdo e o outro no repique.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela

COMPARTILHE

Deixe sua opinião!